ASSINE

Viaduto de acesso ao porto deixa de existir em novo projeto do Portal do Príncipe

As imagens do projeto do governo para as obras, divulgadas pela secretaria de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi) neste sábado (07), excluem a estrutura, prevista inicialmente

Publicado em 07/12/2019 às 13h53
À esquerda, como era o projeto do Portal do Príncipe em 2013; à direita, a foto do projeto divulgado neste sábado . Crédito: Divulgação/ Governo do Estado (2013-2019)
À esquerda, como era o projeto do Portal do Príncipe em 2013; à direita, a foto do projeto divulgado neste sábado . Crédito: Divulgação/ Governo do Estado (2013-2019)

O projeto das obras do Portal do Príncipe, em Vitória, cujo edital será publicado na próxima segunda-feira (09), não contempla a construção de um viaduto, como estava inicialmente previsto.

O viaduto ligaria o Porto de Vitória até a Ponte Florentino Avidos (conhecida como Cinco Pontes), no Centro da Capital, e ajudaria a melhorar o acesso de caminhões à área. Para a implantação do viaduto, que teria estrutura de concreto e extensão total de 274 metros, foram demolidos imóveis na região da Vila Rubim, em Vitória.

Apesar do próprio governador Renato Casagrande ter dito em seu primeiro mandato, em 2013, que o viaduto valorizaria a paisagem do espaço e melhoraria a fluidez do trânsito, as imagens do projeto oficial das obras, divulgadas pela secretaria de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi) neste sábado (07), excluem a estrutura.

Em entrevista para A Gazeta, neste sábado (7), o secretário estadual de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno, justificou a retirada do viaduto citando que o atual projeto, sem a estrutura, prevê outras novidades, como quadras e pistas de skate. O viaduto ocuparia parte dessa área. A implantação da estrutura também deixaria a obra mais demorada. As intervenções no Portal do Príncipe são apontadas pelo Governo do Estado como uma das obras prioritárias na área da mobilidade, com a promessa de que vão beneficiar tanto quem chega à Vitória via Segunda Ponte, quanto a comunidade que mora ou frequenta a região.

As obras do Portal do Príncipe serão contratadas via Regime Diferenciado de Contratação Integrada. Assim, o Estado possui o anteprojeto e a empresa vencedora do processo licitatório irá desenvolver os projetos e executar a obra. Para o Portal do Príncipe, o orçamento total será de R$ 54 milhões e o prazo de 18 meses, contados a partir da ordem de serviço.

MELHORIAS PREVISTAS

Entre as melhorias previstas, estão implantação e alargamento de vias, implantação de rede subterrânea de cabeamento, nova iluminação pública, nova sinalização de trânsito com instalação de semáforos inteligentes, melhorias nos acessos e saídas do Porto (permitindo a operação 24 horas), novas calçadas e ciclovias e urbanização de áreas remanescentes, com a implantação de quadras poliesportivas; pista de skate; áreas de lazer; parquinho; academia ao ar livre; bicicletário e uma nova urbanização. Com as mudanças, a ponte seca passa a ser exclusiva para pedestres.

centro de vitoria renato casagrande segunda ponte

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.