ASSINE

Igreja na Serra nega que membros estejam contaminados por coronavírus

A informação de que pastores e diáconos da igreja Assembleia de Deus Ministry International, no bairro José de Anchieta, estariam infectados, passou a circular em grupos de whatsapp no começo desta semana

Publicado em 01/04/2020 às 11h52
Atualizado em 02/04/2020 às 15h56
Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves
Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves. Crédito: Fernando Madeira

Esclarecimento: Apesar da negativa da igreja, os órgãos oficiais que registram e controlam as informações sobre coronavírus não determinaram se os pacientes citados estão ou não entre casos suspeitos ou confirmados. Por isso, esta reportagem, publicada no dia 01/04/2020 às 11h52, teve o título atualizado em 02/04/2020 às 15h32.

Uma notícia de que membros de uma igreja evangélica, da Serra, estariam com a Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus está circulando em redes sociais e preocupando os capixabas. No entanto, a igreja publicou um comunicado negando a informação.  

As mensagens indicam que pastores e diáconos da Assembleia de Deus Ministry International, no bairro José de Anchieta, na Serra, estariam infectados, e passou a circular em grupos de WhatsApp no começo desta semana, o que levou a igreja a emitir nota sobre o assunto.

No texto consta uma lista com o nome de nove membros da igreja, entre eles três pastoras, quatro diáconos e dois fiéis da equipe de louvor, e afirma que todos deram entrada em hospitais com insuficiência respiratória. A mensagem diz que seis deles estariam em UTI, e cita o nome de um hospital particular em Laranjeiras, na Serra, e do Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, no mesmo município, onde essas pessoas estariam internadas.

NOTA

De acordo com o pastor Romerito Oliveira da Encarnação, da Associação de Pastores de Vitória, a propagação da notícia falsa obrigou o pastor Rubens, responsável pela igreja Assembleia de Deus Ministry International, em José de Anchieta, a emitir uma nota desmentindo os fatos.

"É fake news. Não existe nada disso. O pastor Rubens até já publicou nota desmentindo isso tudo", afirmou.

O coronavírus no ES

Após pandemia de coronavírus, passageira usa máscara dentro de ônibus na capital.
Passageiros já utilizam usa máscara dentro de coletivos durante pandemia de coronavírus. . Vitor Jubini
Data: 18/03/2020 - ES - Vitória - Coronavírus - Movimentação na Avenida Jerônimo Monteiro, Centro da Capital - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini - GZ
Efeito Coronavírus: movimento fica abaixo do normal na Avenida Jerônimo Monteiro, Centro da Capital. Vitor Jubini
Data: 18/03/2020 - ES - Vitória - Coronavírus - Movimentação na Avenida Jerônimo Monteiro, Centro da Capital - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini - GZ
Efeito Coronavírus: movimento fica abaixo do normal na Avenida Jerônimo Monteiro, Centro da Capital. Vitor Jubini
Data: 17/03/2020 - ES - Vitória - Após pandemia de coronavírus pedestre usa máscara na avenida Reta da Penha - Editoria: Cidades - Foto: VItor Jubini - GZ
Durante pandemia de coronavírus, homem usa máscara na avenida Reta da Penha. Vitor Jubini
Data: 19/03/2020 - ES - Vitória - Família usam mascáras de proteção contra o coronavírus na Av Marecha Campos, em Vitória  - Editoria: Cidades - Foto: Ricardo Medeiros - GZ
Família usam máscaras de proteção contra o coronavírus na Av Marechal Campos, em Vitória. Ricardo Medeiros
Data: 17/03/2020 - ES - Vitória - Após pandemia de coronavírus pedestre usa máscara na avenida Américo Buaiz - Editoria: Cidades - Foto: VItor Jubini - GZ
Durante pandemia de coronavírus pedestre usa máscara na avenida Américo Buaiz. . Vitor Jubini
Data: 17/03/2020 - ES - Vitória - Após pandemia de coronavírus pedestre usa máscara na avenida Reta da Penha - Editoria: Cidades - Foto: VItor Jubini - GZ
Mulher usa máscara na avenida Reta da Penha. Vitor Jubini
Data: 19/03/2020 - ES - Serra - Shopping Laranjeiras aberto - Editoria: Cidades - Foto: Ricardo Medeiros - GZ
Shopping na Serra em funcionamento após o governador do Estado anunciar restrições de funcionamento. . Ricardo Medeiros
Shopping na Serra em funcionamento após o governador do Estado anunciar restrições de funcionamento. 
Shopping na Serra em funcionamento após o governador do Estado anunciar restrições de funcionamento. 
Shopping na Serra em funcionamento após o governador do Estado anunciar restrições de funcionamento. 
Shopping na Serra em funcionamento após o governador do Estado anunciar restrições de funcionamento. 
Shopping na Serra em funcionamento após o governador do Estado anunciar restrições de funcionamento. 
Shopping na Serra em funcionamento após o governador do Estado anunciar restrições de funcionamento. 
Shopping na Serra em funcionamento após o governador do Estado anunciar restrições de funcionamento. 
Shopping na Serra em funcionamento após o governador do Estado anunciar restrições de funcionamento. 

Na nota em questão, o pastor afirma que "se trata de uma grande mentira a mensagem divulgada com uma listagem de nomes de membros que, possivelmente, estariam internados vítimas da Covid-19". E alerta para que "em tempos como estes, nossa principal missão é se prevenir contra o vírus e contra fake news".  Confira o comunicado:

Igreja evangélica da Serra emitiu nota em que desmente notícias falsa sobre coronavírus
Igreja evangélica da Serra emitiu nota em que desmente notícias falsa sobre coronavírus . Crédito: Divulgação / Assembleia de Deus Ministry

PREFEITURA DA SERRA DIZ QUE MANTEM SIGILO SOBRE INFORMAÇÕES

Procurada pela reportagem, a Prefeitura da Serra disse que "todos os casos do município estão sendo monitorados e acompanhados pela Secretaria de Saúde da Serra, que mantém sigilo sobre as informações de pacientes".

"Cabe ressaltar que números de suspeitas e casos de Covid-19 são repassados pela Secretaria de Estado da Saúde", completa a nota.

SESA

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), mas a demanda não havia sido respondida até as 11h50 desta quarta-feira (1º).

Coronavírus: Precisou ir à rua? Veja o que fazer ao voltar para casa

Ilustração de Amarildo - toalha
TOALHAS DE ROSTO E PANO DE PRATO - Quando há mais de um morador de casa, especialistas recomendam que cada um use sua própria toalha de rosto, assim como deveria acontecer com a tolha de banho. . Amarildo
Ilustração de Amarildo - alimentos
ALIMENTOS - Alimentos comprados nas feiras ou nos supermercados também devem ser higienizados. Por terem sido manipulados diversas vezes até chegarem à mão e à mesa do consumidor, a dica do doutor em ciência dos alimentos, Rodrigo Scherer, é que frutas e verduras sejam limpas com água e sabão e ainda submetidas a uma imersão composta por água potável e água sanitária. . Amarildo
Ilustração de Amarildo - alcool gel
MAÇANETAS E PUXADORES DE ARMÁRIOS  - Ao chegar casa, tire os sapatos, adereços, celulares, chaves e mochila. Se possível, tire as roupas e coloque em uma sacola plástica ou cesta de roupas (com demais roupas usadas para sair). O segundo passo é higienizar as mãos. Depois, limpar as maçanetas externas e externas com álcool 70º ou desinfetante. Se você teve de tocar em algum puxador, esse item também precisa ser limpo. Amarildo
Ilustração de Amarildo - chave - anel
ADEREÇOS E CHAVES - Adereços como joias e chaves podem ser limpos com desinfetante ou com álcool 70%. . Amarildo
Ilustração de Amarildo - sapato
SAPATOS E PISOS - A limpeza dos sapatos e dos pisos - porcelanato, cerâmica, madeira - deve ser feita de acordo com o que recomenda o fabricante do produto. O infectologista Wladimir Queiroz destaca que álcool, água e sabão ou desinfetante são eficientes na limpeza e eliminação do vírus da superfície que pode estar contaminada. . Amarildo
Ilustração de Amarildo - camisa
ROUPAS - Os especialistas recomendam que a roupa usada na rua seja imediatamente trocada por outra limpa, quando for permanecer em casa. Ao retornar da rua, as peças devem ser encaminhadas para a área destinada. . Amarildo
Ilustração de Amarildo - maçaneta
MAÇANETAS E PUXADORES DE ARMÁRIOS  - Ao chegar casa, tire os sapatos, adereços, celulares, chaves e mochila. Se possível, tire as roupas e coloque em uma sacola plástica ou cesta de roupas (com demais roupas usadas para sair). O segundo passo é higienizar as mãos. Depois, limpar as maçanetas externas e externas com álcool 70º ou desinfetante. Se você teve de tocar em algum puxador, esse item também precisa ser limpo. Amarildo
Ilustração de Amarildo - bolsa - mohila
BOLSAS E MOCHILAS - Esses recipientes podem ser higienizados com álcool 70% líquido ou em gel. Com papel toalha ou um pano, aplique o produto em uma pequena superfície para verificar se o objeto não será danificado. Se não, aplique a quantidade deseja. Amarildo
Ilustração de Amarildo - celular
CELULAR - Celular e tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região esbranquiçada. . Amarildo
CELULAR - Celular e
tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade
na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a
recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região
esbranquiçada.
CELULAR - Celular e
tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade
na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a
recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região
esbranquiçada.
CELULAR - Celular e
tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade
na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a
recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região
esbranquiçada.
CELULAR - Celular e
tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade
na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a
recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região
esbranquiçada.
CELULAR - Celular e
tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade
na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a
recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região
esbranquiçada.
CELULAR - Celular e
tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade
na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a
recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região
esbranquiçada.
CELULAR - Celular e
tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade
na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a
recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região
esbranquiçada.
CELULAR - Celular e
tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade
na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a
recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região
esbranquiçada.
CELULAR - Celular e
tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade
na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a
recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região
esbranquiçada.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.