ASSINE

Idosa de 71 anos confecciona máscaras para doar a moradores de Fundão

Triste por estar longe dos filhos e dos netos, dona Maria da Penha encontrou na costura uma motivação. Ela já fez mais de 50 máscaras, todas confeccionadas com algodão e forradas de TNT

Publicado em 06/04/2020 às 06h00
Atualizado em 06/04/2020 às 10h35
Idosa de 71 anos confecciona máscaras para doação em Fundão
Idosa de 71 anos confecciona máscaras para doação em Fundão. Crédito: reprodução/vídeo

Aos 71 anos, dona Maria da Penha Meireles usa a costura para manter a saúde mental em dia, e ainda ajudar outras pessoas, durante a pandemia de coronavírus. Moradora de Fundão, cidade que já tem um caso de covid-19 registrado, ela decidiu confeccionar máscaras  de proteção para doar aos moradores do município. 

A ideia surgiu depois que dona Maria, acostumada a morar sozinha, precisou se mudar para a casa da filha, Wanuza, de 47 anos.  Por conta da pandemia de coronavírus, a idosa se viu longe dos outros filhos e dos netos. Muito triste, ela encontrou na costura uma motivação. 

Como a higienizar itens do dia a dia e evitar a transmissão de vírus

Pessoa usando borrifador para limpeza
Dicas de limpeza de objetos que podem colaborar com a transmissão do novo coronavírus. Prevenção é essencial!. Freepik
Pessoa limpando tênis com escova
Sapatos - remova a sujeira lavando com escova e sabão, depois limpe com toalha descartável bem molhada. Shutterstock
Tênis e solados
Depois de remover a sujeira, borrife no solado um desinfetante germicida ou bactericida puro, sem diluir em água. Quando secar, já estará pronto para uso. . Pixabay
Mulher digitando no teclado do laptop na mesa, trabalhando com o dispositivo de tecnologia no escritório
Telas - Telas de computador, televisão, celular e tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade na toalha descartável e limpe a tela. . Freepik
Pessoa limpando a tela do celular
Não limpe as partes de plástico com o álcool isopropilico pois costuma deixar esbranquiçado. Um pano com desinfetante funcionará muito bem. Vitor Jubini
Pessoa usando mochila no ombro
Bolsa / Mochila - Limpe suas bolsas e mochilas assim que chegar em casa, não coloque em cima da mesa, nem em cima do sofá ou da cama. . Freepik
Homem com luvas segurando produtos de limpeza
Aplique o desinfetante bactericida puro, sem diluir na toalha descartável e faça a limpeza. Em seguida, espere agir por 15 minutos e seque. Teste em uma superfície pequena antes. Freepik
 Pessoa segurando maçaneta da porta
Chaves e maçanetas - Nãos se esqueça de limpar chaves e maçaneta com desinfetante ou com álcool 70% e claro mãos sempre lavadas com sabão . Freepik

Chaves
e maçanetas - Nãos
se esqueça de limpar chaves e maçaneta com desinfetante ou com
álcool 70% e claro mãos sempre lavadas com sabão .

Chaves
e maçanetas - Nãos
se esqueça de limpar chaves e maçaneta com desinfetante ou com
álcool 70% e claro mãos sempre lavadas com sabão .

Chaves
e maçanetas - Nãos
se esqueça de limpar chaves e maçaneta com desinfetante ou com
álcool 70% e claro mãos sempre lavadas com sabão .

Chaves
e maçanetas - Nãos
se esqueça de limpar chaves e maçaneta com desinfetante ou com
álcool 70% e claro mãos sempre lavadas com sabão .

Chaves
e maçanetas - Nãos
se esqueça de limpar chaves e maçaneta com desinfetante ou com
álcool 70% e claro mãos sempre lavadas com sabão .

Chaves
e maçanetas - Nãos
se esqueça de limpar chaves e maçaneta com desinfetante ou com
álcool 70% e claro mãos sempre lavadas com sabão .

Chaves
e maçanetas - Nãos
se esqueça de limpar chaves e maçaneta com desinfetante ou com
álcool 70% e claro mãos sempre lavadas com sabão .

Chaves
e maçanetas - Nãos
se esqueça de limpar chaves e maçaneta com desinfetante ou com
álcool 70% e claro mãos sempre lavadas com sabão .

"Quando essa situação da pandemia chegou mais perto da gente, trouxe ela para morar comigo. Mas ela estava muito acostumada com a casa dela, em ter os netos e filhos sempre perto, e aí acabou ficando depressiva, muito triste. Foi então que lembrei que ela gosta de costurar e sugerir que ela fizesse máscaras de proteção. Ela adorou a ideia, e a partir daí começou a fazer e ficou muito feliz", conta a filha.

Dona Maria passa o dia confeccionando máscaras. A filha corta e ela costura, e assim as duas já ajudaram dezenas de pessoas que foram até a casa delas em busca de mais uma proteção contra o coronavírus.

Maria da Penha Meireles

71 anos

"Já fiz mais de 50 máscaras. Mandei um pouco para Praia Grande e dei para uma porção de pessoas aqui em Fundão. Estou ajudando as pessoas que precisam, gente que não tem máscara e não pode comprar. Só isso já me sinto muito bem"

As máscaras são confeccionadas de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde: feitas de algodão e forradas de TNT. Cada pessoa recebe pelo menos duas unidades, para que se mantenha protegido quando precisar lavar uma das máscaras.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
Fundão Saúde Coronavírus no ES Máscara de proteção facial

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.