ASSINE

População poderá doar dinheiro para Governo do ES comprar cestas básicas

Governo criou programa para ações de assistência social à população carente. Medidas incluem maior integração entre órgãos da Defesa Civil, possibilidade de doações em dinheiro e repasses aos municípios

Publicado em 02/04/2020 às 20h47
Atualizado em 03/04/2020 às 09h23
Cesta básica
População poderá fazer doações em dinheiro para a compra de cestas básicas. Crédito: Rafaela Frutoso

O Governo do Espírito Santo montou um programa para facilitar e organizar as várias ações, repasses, doações e assistência à população afetada pelos prejuízos gerados pela crise do coronavírus no Estado. O governador Renato Casagrande anunciou, nesta quinta-feira (2), que editou um novo decreto para declarar “Estado de Calamidade Pública decorrente do Desastre Natural classificado como grupo biológico ou epidemias, e tipo doenças infecciosas virais”.

Na prática, isso vai permitir um envolvimento e acionamento de todo o sistema de Defesa Civil do Estado e dos municípios, para proteger as famílias mais vulneráveis. Além deste decreto, na semana passada a Assembleia aprovou o estado de calamidade devido à pandemia do coronavírus. 

Esta é uma das ações que está dentro do programa "ES Solidário" também lançado nesta quinta. Nele, o Executivo também regulamenta a forma para realizar doações para o governo do Estado, em dinheiro, equipamentos, em serviços. "Diversos grupos da sociedade tem se organizado e ajudado as famílias. Precisamos nessa hora de uma proteção social, e o Estado tem que colocar a sua estrutura para coordenar o movimento", afirmou Casagrande.

Este vídeo pode te interessar

Uma das formas de fazer doações é em dinheiro, pelo site coronavirus.es.gov.br. Os recursos vão para o Fundo de Assistência Social, ou para o Fundo de Defesa Civil para que possam ser repassados para os municípios, que são quem executa a política de assistência social e destinam às famílias. As secretarias municipais têm cadastros das famílias que mais precisam.

Outra estrutura disponibilizada para as doações será pelo Corpo de Bombeiros, que vai passar a receber insumos. "Amanhã, as 17 bases operacionais dos Bombeiros estarão preparadas para receber doações de cestas básicas, kit higiene e kit limpeza. Eles entregarão nas casas das pessoas, para evitar aglomerações", anunciou o governador.

REPASSES

Conforme já anunciado na última semana, o governador comunicou que já foi feito um repasse de R$ 16,8 milhões do Estado para os municípios, através do Fundo de Assistência Social. Até segunda-feira, serão repassados mais R$ 3,1 milhões, valor com o qual é possível comprar 24 mil cestas básicas por mês. Os municípios, no entanto, podem utilizá-lo para outros gastos com assistência social.

Está sendo feito também um repasse de 47 mil cestas básicas para a merenda escolar, para atender as famílias mais vulneráveis do Espírito Santo. "É uma ação para proteger as famílias numa hora de ausência de oportunidades de trabalho. Essas ações fazem parte do ES Solidário", explicou.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.