ASSINE

É falso resumo de medidas citando que governo do ES suspendeu aulas até 31 de maio

Mensagem que viralizou em redes sociais com a chamada “Resumo: Coletiva de imprensa do governo do ES” traz  informações falsas sobre a prorrogação do prazo de proibição de diversas atividades do Espírito Santo por conta do coronavírus

Publicado em 13/04/2020 às 11h19
Atualizado em 14/04/2020 às 12h43
Passando a limpo: fake news sobre coletiva de imprensa do Governo do ES
Passando a limpo: fake news sobre coletiva de imprensa do Governo do ES. Crédito: Divulgação

Uma mensagem que circula nas redes sociais com a chamada “Resumo: Coletiva de imprensa do governo do ES” traz informações falsas sobre a prorrogação do prazo de proibição de diversas atividades do Espírito Santo devido ao novo coronavírus. Entre as informações não verdadeiras, o texto cita, por exemplo, que o governo do Estado determinou o fechamento de shoppings até o dia 30 de abril e a suspensão de aulas em escolas públicas e particulares até 31 de maio. No entanto, não há nenhuma nova definição com relação a essas atividades até esta segunda-feira, dia 13 de abril.

Junto ao texto com a chamada mencionada, com o intuito de mostrar de onde aquelas falsas informações da mensagem foram retiradas, a mensagem traz um link de uma reportagem de A Gazeta. No entanto, o conteúdo contido neste link aborda somente que o governador Renato Casagrande decidiu manter o comércio fechado até dia 19 de abril como medida para tentar conter o avanço do novo coronavírus no Espírito Santo. O texto de  A Gazeta não tem relação com o resumo que viralizou e não cita, em nenhuma parte, qualquer ponto que está no conteúdo da mensagem.

Em nota, o governo do Estado reforçou que a mensagem e falsa. ""As Fakes News devem ser combatidas e repudiadas, pois trazem desinformação e causam dúvida na população. As informações válidas são encontradas nos decretos do governo do Estado e podem ser acessadas no site coronavirus.es.gov.br".

Para esclarecer as informações, A Gazeta listou todos os pontos mencionados na falsa mensagem "“Resumo: Coletiva de imprensa do governo do ES”, esclarecendo quais são as informações verdadeiras sobre cada item. Confira:

  1. 01

    Transporte Coletivo

    transporte coletivo continua funcionando com redução da frota em 30% em horário de pico, e 50% em horários entre picos.

  2. 02

    Funcionamento de shoppings e do comércio

    Está suspensa a abertura de centros comerciais e shoppings até o dia 19 de abril no Espírito Santo, exceto os serviços essenciais.

  3. 03

    Permanência das pessoas em bares, cafés, restaurantes e similares

    Restaurantes continuam funcionando com limitação de horário de 10h às 16h horas para atendimento no estabelecimento. Não se aplica essa limitação em casos de retiradas no próprio estabelecimento e para entregas, até o dia 19 de abril. Cafés e bares continuam proibidos de funcionar. 

  4. 04

    Eventos e reuniões de caráter público e privado

    Ficam proibidas, até o dia 17 de abril, as realizações de eventos e atividades com a presença de público, ainda que previamente autorizadas, que envolvam aglomeração de pessoas, tais como eventos desportivos, comemorativos e institucionais, shows, feiras, eventos científicos, comícios, passeatas e afins. Esse decreto pode ser prorrogado para mais 30 dias.

  5. 05

    Missas e culto religiosos

    Ficou definido que encontros religiosos poderão ter, no máximo, 50 pessoas durante restrição no combate à pandemia do novo coronavírus. No entanto, a recomendação do governo do Estado é que os cultos não sejam realizados.

  6. 06

    Permanência em praças, parques e praias

    Não é proibida a permanência de pessoas em praças, parques e praias. No entanto, parques públicos  estão fechados por determinação do governo do Estado. 

  7. 07

    Aulas em escolas públicas e privadas

    A suspensão de aulas presenciais em escolas públicas e privadas segue até o dia 30 de abril. Também continua suspenso o passe escolar para os ônibus até esse período.

  8. 08

    Eventos esportivos

    Fica proibido o funcionamento de espaços culturais e afins, eventos e atividades com presença de público até o dia 17 de abril. O decreto pode ser prorrogado por mais 30 dias. 

  9. 09

    Hotéis, pousadas e similares

    Hotéis e pousadas continuam funcionando no Espírito Santo. Não há decreto de proibição.

  10. 10

    Restaurantes com entregas no balcão

    Como citado no item número 3 desta lista: restaurantes continuam funcionando com limitação de horário de 10h às 16h horas para atendimento no estabelecimento até o dia 19 de abril. Não se aplica essa limitação em casos de retiradas no próprio estabelecimento e em casos de entregas.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.