ASSINE

Coronavírus no ES: suspensão de aulas no Estado vai até 30 de abril

A decisão foi tomada pelo governo do Estado nesta sexta-feira

Publicado em 03/04/2020 às 18h30
Atualizado em 03/04/2020 às 20h16
Escola Cívico-Militar de Montanha
Escolas da rede estadual vão continuar com aulas suspensas até 30 de abril. Crédito: Prefeitura de Montanha/ Divulgação

O governo afirmou que as aulas da rede estadual permanecerão suspensas no Espírito Santo até o dia 30 de abril, como medida à frente pandemia do coronavírus. A decisão foi tomada na reunião da Sala de Situação desta sexta-feira (3). Também permanece suspenso o passe escolar para os ônibus neste período.

As aulas estavam  suspensas desde o dia 17 de março. Entre os dias 23 de março e esta sexta-feira (03), foi computado como antecipação das férias. Nesse período, algumas escolas-polo ficaram abertas, para que fossem servidas refeições aos alunos que mais precisam. Ao todo, os alunos estão ficando 44 dias sem aulas, com esta nova decisão.

A suspensão das aulas presenciais é uma das principais medidas para evitar a circulação de pessoas, como forma de prevenção ao coronavírus. Nesta sexta, até o momento, o governador afirmou que já houve mais 15 casos de coronavírus confirmados parcialmente. Até então, eram 139 casos no Estado.

ATIVIDADES NÃO PRESENCIAIS

O governador Renato Casagrande anunciou que haverá um programa de atividades pedagógicas não presenciais do governo, que será lançado na próxima terça-feira (7). Ele terá início a partir da quarta-feira (8) com a participação de professores, com tarefas para os alunos. "Nós lançaremos o nosso programa de atividades não presenciais. Esse trabalho vai ser importante para termos os alunos e os professores com tarefas, com dinamismo. Nós não estamos de férias, estamos em um momento de atividades não-presenciais, a partir de quarta-feira".

Este vídeo pode te interessar

Por meio do programa EscoLAR, criado pela Secretaria estadual de Educação (Sedu), eles terão acesso à aulas disponíveis em sites e aplicativos on-line. De acordo com a Sedu, as atividades que serão passadas de forma on-line estão relacionadas aos conteúdos previstos pelo currículo escolar, considerando cada nível, etapa e modalidade de ensino da Educação Básica. Elas serão previamente planejadas e elaboradas pelos professores, além de acompanhadas e coordenadas pela equipe pedagógica das escolas.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.