ASSINE

Obra em porto vai abrir 650 vagas para trabalhadores de Aracruz e região

SPU autorizou, nesta terça-feira (8), a utilização de área da União para instalação do porto. Quando entrar em operação, o empreendimento deve criar 1.640 vagas de emprego diretas e indiretas.

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 09/06/2021 às 02h00
Porto da Imetame no Litoral Norte do ES, em Aracruz
Porto da Imetame no Litoral Norte do ES, em Aracruz. Crédito: Imetame/Divulgação

Após quase um ano de espera, a Imetame Logística Porto recebeu nesta terça-feira (8) a autorização para instalar o terminal portuário em uma área da União em Aracruz, ao Norte do Estado. Mesmo ainda sem definir uma data para início das obras, a empresa informou que a construção deve criar cerca de 650 vagas de trabalho diretas destinadas prioritariamente aos trabalhadores de Aracruz e região, além de 300 indiretas.

Embora tenha pontuado que ainda serão feitas algumas reuniões nesta semana para definir detalhes, a Imetame esclareceu que, diante da autorização concedida pela Secretaria de Patrimônio da União (SPU), se mobiliza para iniciar as obras em breve. Mais informações sobre as contratações ainda serão divulgadas. Contudo, a empresa já adiantou que elas serão feitas via Sine do município.

“Durante o pico das obras do Porto está prevista a geração de 650 empregos diretos e mais 300 indiretos. Para a etapa de operação, quando o Porto entrar em atividade com a sua capacidade máxima, estão estimadas 640 oportunidades diretas e outras 1.000 indiretas”, informou, por meio de sua assessoria.

É estimado um investimento na ordem de R$ 1 bilhão para a conclusão dos trabalhos. E, de acordo com a empresa, as obras acontecerão em duas etapas. A previsão para a conclusão da primeira fase, que contempla a movimentação de contêineres e carga geral, é de três anos.

A expectativa é de que a consolidação do empreendimento ajude a impulsionar a economia do Estado, que hoje tem a infraestrutura portuária como um de seus principais gargalos logísticos.

O investimento deve beneficiar, principalmente, a região Norte capixaba - sobretudo Aracruz, recentemente incluída pelo Senado dentro da área de abrangência da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). Com as mudanças, é esperado que haja a atração de novas empresas e, consequentemente, geração de empregos para os capixabas.

A instalação do porto da Imetame é uma novela que já se arrasta, pelo menos, desde 2014, quando a empresa conseguiu as primeiras licenças necessárias para a instalação do empreendimento.

A efetiva autorização para início das obras, entretanto, só foi assinada em julho de 2020 pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas. E, desde então, a companhia vinha aguardando a assinatura do contrato de cessão com a SPU para dar início às intervenções.

A área liberada pela União para a construção, instalação e operação do Terminal de Uso Privado (TUP) da Imetame mede de 1.032.639,20m², pelos quais a empresa deverá pagar aos cofres federais o valor aproximado de R$ 4,12 milhões por ano.

A área total do espaço corresponde aos espaços físicos em águas públicas de retroárea, cais de atracação e piers sul e norte, com 170.022,18m², berço de atracação nº 1 com 91.394,72m², berço de atracação nº 2 com 144.484,09m², quebra mar com 165.879,55m² e bacia de evolução com 460.858,66m², localizado na Rodovia Tancredo Neves, em Barra do Riacho.

Foi fixado um prazo de quatro anos, contado da data da assinatura do contrato de cessão, para a implantação do terminal, sob pena de reversão do bem cedido.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Aracruz Porto da Imetame (Aracruz) aracruz Portos do Espírito Santo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.