ASSINE

ES estuda ampliar o Bolsa Capixaba diante da nova onda da Covid-19

Governo do Estado deve lançar na próxima semana um conjunto de ações de assistência e proteção social

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 19/03/2021 às 21h35
Atualizado em 19/03/2021 às 21h35
Palácio Anchieta, sede do Governo do Estado ES
Palácio Anchieta, sede do Governo do Estado . Crédito: Carlos Alberto Silva

Após anunciar nesta sexta-feira (19) um pacote bilionário de socorro a empresas para proteger negócios e empregos no Espírito Santo, o governo do Estado deve lançar na próxima semana um conjunto de ações de assistência e proteção social. Um dos pontos deste novo pacote é a possível ampliação do Bolsa Capixaba.  

A possibilidade foi antecipada pelo govenador Renato Casagrande durante o anúncio do pacote econômico. Ele lembrou que 25 mil famílias são atendidas no Estado pelo benefício de transferência de renda complementar ao Bolsa Família, do governo federal.

"Nós temos um programa de transferência de renda, o Bolsa Capixaba, e estamos estudando a ampliação dele e de algumas outras medidas. Porém, somente na semana que vem teremos tudo definido", disse Casagrande. 

Assim como o Bolsa Família, o programa estadual é voltado para famílias de baixa renda inscritas no CadÚnico e visa completar o valor do benefício nacional para atender famílias extremamente pobres do Estado. São extremamente pobres as famílias que possuem renda, por pessoa, abaixo de R$ 109,00, mesmo após receber o benefício do Bolsa Família.

O valor do benefício do Bolsa Capixaba varia de acordo com a renda, a quantidade de pessoas na família e o valor já recebido pelo Bolsa Família. 

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.