Coronavírus no ES: Suzano confirma contaminação de funcionário

O trabalhador queixou-se de mal-estar no dia 20 de março, um dia após tirar folga. Desde então, ele foi orientado a trabalhar de casa e está em isolamento. Confirmação pela Covid-19 ocorreu neste domingo (29)

Publicado em 29/03/2020 às 13h32
Atualizado em 29/03/2020 às 15h33
Linha de produção da Suzano em Aracruz
Linha de produção da Suzano, em Aracruz. Crédito: Divulgação/Arquivo

Um dos funcionários da unidade de Aracruz da Suzano, empresa especializada na fabricação de papel celulose, foi diagnosticado, neste domingo (29), com o novo coronavírus (Covid-19). A empresa emitiu um comunicado aos colaboradores e informou estar monitorando a situação do empregado através da equipe própria de Saúde e Qualidade de Vida.

Além disso, o infectado está recebendo tratamento hospitalar, conforme orientação médica. A identidade e a idade do funcionário não foram divulgadas, mas informações apuradas por A Gazeta indicam que ele é morador de Vitória e trabalha em Aracruz.

MAL-ESTAR

Segundo a assessoria da Suzano, o colaborador começou a apresentar mal-estar no dia 20 de março, um dia após ter saído de folga. Procurou a rede assistencial e recebeu o diagnóstico de suspeita de dengue. Desde então, o profissional foi orientado a não retornar ao trabalho e ficar em isolamento em casa. No dia 26, o homem procurou novamente a rede assistencial e relatou novos sintomas, recebendo o diagnóstico de pneumonia e suspeita de Covid-19. Na mesma data foi realizado o teste médico para o coronavírus.

Assim que a suspeita do caso foi identificada, a Suzano notificou a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e seguiu o protocolo de segurança da companhia. Os colaboradores que tiveram contato próximo a ele foram mapeados e encaminhados para quarentena. Até o momento, nenhum deles apresentou sintomas da Covid-19, conforme dito em nota pela Suzano.

Sem informar a quantidade de colaboradores em quarentena, a empresa salientou que todos os que foram encaminhados para quarentena estão sendo acompanhados pelo time de Saúde da companhia e permanecerão em casa até o próximo dia dois de abril (14 dias a contar de 19 de março), seguindo orientações do Ministério da Saúde. A empresa segue operando normalmente.

INFORMATIVOS

Desde a confirmação do primeiro caso do novo coronavírus no Brasil, os colaboradores da Suzano têm recebido periodicamente informações sobre medidas de prevenção e orientações de saúde e comunicados que estimulam a prática do home office, em atividades e locais onde a mesma é possível, frisou a nota enviada à imprensa.

Entre as recomendações, eles são orientados a entrar em contato com o time de Saúde e Qualidade de Vida em caso de suspeita de sintomas.

A empresa tem seguido as orientações do Ministério da Saúde brasileiro e dos órgãos oficiais dos países onde possui operações em relação às práticas preventivas e adotado medidas para intensificar a frequência de ações de limpeza e higienização em áreas comuns de todos os seus ambientes.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.