ASSINE

Banco digital capixaba recebe aporte de R$ 250 milhões de XP e Atmos

Fundado em 2017 por empreendedores do setor financeiro do Espírito Santo com o nome de Meu Pag!, o will bank vai acelerar sua expansão com o investimento. Banco é um dos líderes de mercado na região Nordeste

Publicado em 12/07/2021 às 15h09
Cartão de crédito do Will Bank, banco digital criado por empresários capixabas
Cartão de crédito do Will Bank, banco digital criado por empresários capixabas. Crédito: Will Bank/Divulgação

A fintech capixaba will bank, considerada uma das maiores instituições financeiras digitais do país, recebeu um aporte minoritário de capital de R$ 250 milhões de um grupo de investidores liderado pelo fundo de Private Equity da XP e pela gestora Atmos Capital. O comunicado foi feito ao mercado nesta segunda-feira (12).

Fundado em 2017 pela família Piana, empreendedores do setor financeiro do Espírito Santo, e pelo empresário Felipe Felix, o banco anteriormente tinha o nome de Meu Pag!, tendo foco na emissão de cartões. Desde a criação, a instituição já emitiu mais de 1,7 milhão de cartões, com mais da metade dos seus clientes na região Nordeste, onde é uma das líderes de mercado.

Rebatizada em 2020, como mostrou na ocasião a colunista Beatriz Seixas, de A Gazeta, a marca rapidamente conquistou uma posição relevante de mercado. Além de cartões de crédito e débito, a companhia também fornece serviços de investimentos conta digital remunerada e de conta corrente, como transferências bancárias, pagamentos e saques.

O aporte pelos investidores será um reforço na base de capital do will, suportando o crescimento acelerado da companhia e o desenvolvimento de novas linhas de produto nos próximos anos, além de contribuir com a governança corporativa do banco digital.

Co-fundador e CEO da companhia, Felipe Felix, afirma que o will possui um grande diferencial tecnológico e foi a primeira startup a oferecer conta digital integrada com cartão de crédito no Brasil, no início de 2017.

"Com grande parte dos funcionários nas áreas de tecnologia e dados, temos muita agilidade e flexibilidade para desenvolver novos produtos e melhorias, evoluindo a vida financeira dos nossos clientes de algo sem graça e burocrático para uma experiência prazerosa, positiva e completa".

Felipe Felix é CEO e co-fundador das empresas pag! e Will Bank
Felipe Felix é CEO e co-fundador das empresas pag! e Will Bank. Crédito: Silvia Zamboni

De acordo com Chu Kong, head do fundo de Private Equity da XP, "o investimento no will é uma grande oportunidade de ingressar no mercado de alto crescimento dos bancos digitais, que tem democratizado o acesso ao sistema financeiro. O will se destaca por contar com um forte e experiente time de gestão, com profundo conhecimento do seu público alvo".

O will bank é um raro exemplo de fintech brasileira que apresenta alto crescimento e rentabilidade, tendo reportado mais de R﹩500 milhões em receita em 2020, o dobro do registrado em 2019, além de lucro líquido positivo nos últimos anos.

Erik Lassner, da gestora Atmos Capital, destaca que "a rentabilidade da companhia está relacionada principalmente ao alto índice de crescimento orgânico de clientes, devido à qualidade do produto e ao posicionamento da marca, focado em um público historicamente mal servido pelo sistema financeiro tradicional". A companhia estima que uma grande parcela dos clientes will não tinham cartão de crédito quando teve seu crédito aprovado.

A transação é resultado de uma parceria entre o XP Private Equity, com mais de 20 anos de experiência no sentor, e a Atmos Capital, uma gestora de ativos líquidos fundada em 2009 que realizou seu primeiro investimento em uma empresa de capital fechado. O Banco Credit Suisse atuou como assessor financeiro no negócio.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
Investimento Negócios Mercado Financeiro Startup

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.