ASSINE

24 mil no ES recebem benefício pela redução de salário e jornada até segunda

O auxílio emergencial a ser pago aos trabalhadores de carteira assinada vai variar de R$ 261,25 a R$ 1.813, que corresponde ao teto do seguro-desemprego

Publicado em 14/05/2020 às 10h40
Atualizado em 14/05/2020 às 10h47
Carteira de Trabalho e Previdência Social do Ministério do Trabalho
Carteira de Trabalho e Previdência Social do Ministério do Trabalho. Crédito: Carlos Alberto Silva

O Benefício Emergencial para Preservação da Renda e do Emprego (BEm) será pago a quase 24 mil trabalhadores no Espírito Santo até a próxima segunda-feira (18). Serão contemplados os profissionais que atuam de carteira assinada e que tiveram redução da jornada ou contrato de trabalho suspenso.

Em todo o país, vão receber o auxílio 1.418.684 empregados, segundo informações do Ministério da Economia. Ao todo, serão desembolsados pelo governo R$ 1.741.826.548 para o pagamento de parcelas mensais.

O valor a ser pago aos trabalhadores vai variar de R$ 261,25 a R$ 1.813, que corresponde ao teto do seguro-desemprego. Até agora, o valor do benefício médio é de R$ 1.766,50, com parcela mensal média de R$ 720,73.

O Espírito Santo já tem quase 123 mil pessoas com jornada reduzida ou salários suspensos. O número representa 1,7% dos 7,2 milhões de pessoas atingidas pela Medida Provisória 936/2020.

Segundo o Ministério da Economia, no ES, 16% tiveram corte de 50%. Já para 12% dos trabalhadores, a redução de jornada foi de 70%. Outros 10% tiveram redução de 25% no horário e salário. Nos casos dos trabalhadores intermitentes, os benefícios correspondiam a 3%.  A maior parte dos acordos, 58%, é referente à suspensão de contratos.

Coronavírus: movimento de pessoas na Serra e em Vitória

Data: 03/04/2020 - ES - Serra - Pandemia coronav’rus - Movimento na avenida Central em Laranjeiras - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini
03/04/2020 - Com as lojas fechadas o movimento de pessoas na avenida Central em Laranjeiras, na Serra, era pequeno. Vitor Jubini
Data: 03/04/2020 - ES - Serra - Pandemia coronav’rus - Movimento na avenida Central em Laranjeiras - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini
Movimento na avenida Central em Laranjeiras - Editoria. Vitor Jubini
Data: 03/04/2020 - ES - Serra - Pandemia coronav’rus - Movimento na avenida Central em Laranjeiras - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini
Movimento na avenida Central em Laranjeiras . Vitor Jubini
Data: 03/04/2020 - ES - Serra - Pandemia coronav’rus - Movimento na avenida Central em Laranjeiras - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini
Mulher usando máscara na avenida Central em Laranjeiras. Vitor Jubini
Data: 03/04/2020 - ES - Serra - Pandemia coronav’rus - Movimento na Praia de Manguinhos - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini
Praia de Manguinhos quase deserta . Vitor Jubini
Data: 03/04/2020 - ES - Serra - Pandemia coronav’rus - Movimento na Praia de Manguinhos - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini
Alguns banhista na praia de Manguinhos. Vitor Jubini
Data: 03/04/2020 - ES - Serra - Pandemia coronav’rus - Movimento na Praia de Manguinhos - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini
Alguns banhista na praia de Manguinhos. Vitor Jubini
Data: 03/04/2020 - ES - Vit—ria - Pandemia coronav’rus - Movimento na praa dos Namorados - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini
Praça dos Namorados muita gente caminhando e andando de bicicleta. Vitor Jubini
Data: 03/04/2020 - ES - Vit—ria - Pandemia coronav’rus - Movimento no calad‹o da praia de Camburi - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini
 Em Camburi, algumas pessoas caminhavam no calçadão . Vitor Jubini
Data: 03/04/2020 - ES - Vit—ria - Pandemia coronav’rus - Movimento no calad‹o da praia de Camburi - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini
Pai e filho andando de bicicleta. Vitor Jubini
Data: 03/04/2020 - ES - Vit—ria - Pandemia coronav’rus - Movimento no calad‹o da praia de Camburi - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini
 Movimento no calçadão da praia de Camburi . Vitor Jubini
Data: 03/04/2020 - ES - Vit—ria - Pandemia coronav’rus - Movimento na Praia da Guarderia - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini
 Movimento na Praia da Guarderia. Vitor Jubini
Data: 03/04/2020 - ES - Vit—ria - Pandemia coronav’rus - Movimento na Praia da Guarderia - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini
 Praia da Guarderia. Vitor Jubini
Data: 03/04/2020 - ES - Vit—ria - Pandemia coronav’rus - Movimento na Praia da Guarderia - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini
Praia da Guarderia. Vitor Jubini
Data: 03/04/2020 - ES - Vit—ria - Pandemia coronav’rus - Movimento na Praia da Guarderia - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini
Mulher, na praia da Guarderia,  fazendo caminhada usando máscara. Vitor Jubini
Data: 03/04/2020 - ES - Vit—ria - Pandemia coronav’rus - Movimento na Praia da Guarderia - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini
Mulher, na praia da Guarderia,  fazendo caminhada usando máscara. Vitor Jubini
Mulher, na praia da Guarderia,  fazendo caminhada usando máscara
Mulher, na praia da Guarderia,  fazendo caminhada usando máscara
Mulher, na praia da Guarderia,  fazendo caminhada usando máscara
Mulher, na praia da Guarderia,  fazendo caminhada usando máscara
Mulher, na praia da Guarderia,  fazendo caminhada usando máscara
Mulher, na praia da Guarderia,  fazendo caminhada usando máscara
Mulher, na praia da Guarderia,  fazendo caminhada usando máscara
Mulher, na praia da Guarderia,  fazendo caminhada usando máscara
Mulher, na praia da Guarderia,  fazendo caminhada usando máscara
Mulher, na praia da Guarderia,  fazendo caminhada usando máscara
Mulher, na praia da Guarderia,  fazendo caminhada usando máscara
Mulher, na praia da Guarderia,  fazendo caminhada usando máscara
Mulher, na praia da Guarderia,  fazendo caminhada usando máscara
Mulher, na praia da Guarderia,  fazendo caminhada usando máscara
Mulher, na praia da Guarderia,  fazendo caminhada usando máscara
Mulher, na praia da Guarderia,  fazendo caminhada usando máscara

Mais da metade dos trabalhadores, 51,1%, que tiveram suspensão de contrato ou redução da jornada, tem idade de 30 a 49 anos. De acordo com dados do Ministério da Economia, considerando os números do Estado, o maior número de beneficiários tem idade entre 30 e 39 anos (30,6%), seguidos por aqueles de idade entre 40 e 49 anos (20,5%).

Os trabalhadores entre 18 e 24 anos representam 18% deste total, enquanto que os de 25 a 29 anos são 16,7%. Já os de 50 a 64 anos são 12,5%, os de 14 (aprendizes) a 17 anos representam 1% e as pessoas com mais de 65 anos, 0,8%.

Para saber como a MP 936 é aplicada, confira no documento abaixo a Cartilha dos Direitos do Trabalhador que tiveram salário suspenso ou reduzido, produzida por A Gazeta.

Coronavírus: Cartilha dos Direitos do Trabalhador

Coronavírus no ES Crise Econômica Redução de jornada

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.