ASSINE

Vídeo de onça morta em estrada não foi feito no Espírito Santo

Registro já foi relacionado a vários municípios do Estado, como Sooretama, São Mateus, Muniz Freire, Conceição do Castelo e Brejetuba

Tempo de leitura: 2min
Cachoeiro de Itapemirim / Rede Gazeta
Publicado em 31/05/2022 às 13h22
Vídeo de onça morta em estrada não foi feito no ES
Vídeo de onça morta em estrada não foi feito no ES. Crédito: Reprodução/Redes sociais

Desde a quinta-feira (30), um vídeo com uma onça pintada morta no meio de uma estrada vem chamando a atenção e circulando nas redes sociais. O registro já foi relacionado a municípios de regiões do Sul e do Norte do Estado, como Muniz Freire, Conceição do Castelo, Brejetuba, Sooretama e São Mateus. Mas de onde é a onça morta na estrada?

Na imagem, o animal aparece sendo retirado da pista por homens. A autoria do vídeo ainda é desconhecida. Diversos órgãos foram procurados pela reportagem de A Gazeta para saber onde o fato aconteceu.

O repórter Eduardo Dias, da TV Gazeta Norte, consultou uma bióloga do Projeto Felinos, que faz acompanhamento da aparição e da situação da população de felinos, como a onça-pintada, no Espírito Santo. Ela informou que o caso do animal morto em uma estrada não ocorreu no Estado.

O mesmo disse a concessionária Eco101, responsável pelo monitoramento da rodovia federal que corta o Estado. “De acordo com o Centro de Controle Operacional da Eco101, não houve registro desta natureza na BR 101 no Espírito Santo", informou a empresa em nota.

A imagem se assemelha a casos registrados a atropelamentos de onças no Estado do Mato Grosso do Sul. Porém, segundo o coronel Ednilson Paulino Queiroz, da Polícia Militar Ambiental do Estado, apenas dois registros foram feitos pela corporação neste ano - em março e janeiro – e não correspondem às imagens que circulam no Espírito Santo.

Enfim, a Polícia Militar Ambiental do Espírito Santo afirmou que o vídeo é do Estado do Pará, no Norte do país. A assessoria da PM do Pará também foi procurada, mas, até o momento, a reportagem não obteve retorno.

Também demandada sobre o assunto, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Espírito Santo disse não saber onde o caso aconteceu.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.