ASSINE

Veja quem pode e quem não pode participar do mutirão da vacinação em Viana

Objetivo é vacinar 35 mil pessoas. Mas alguns critérios podem impedir moradores de participarem do projeto Viana Vacinada. Confira

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 04/06/2021 às 16h24
Vacina de Oxford
Vacina da AstraZeneca será aplicada na população de Viana. Crédito: Carlos Alberto Silva

Para receber o imunizante, basta que o morador se cadastre previamente no site da prefeitura e apresente  no dia documento com foto e comprovante de residência. Todas as pessoas na faixa etária de 18 a 49 anos moram em Viana ou que votam na cidade poderão ser vacinadas. No entanto, quem apresentar alguns sintomas gripais ou condições especiais, como gravidez, não poderão participar do mutirão. 

De acordo com a coordenadora do estudo, a pesquisadora Patrícia Valin, haverá alguns critérios de exclusão para a participação no projeto. “A participação será voluntária a todos que tenham entre 18 a 49 anos, mas haverá alguns critérios de exclusão que vão ser analisados”, explicou.

Este vídeo pode te interessar

QUEM PODERÁ PARTICIPAR DO MUTIRÃO:

Todas as pessoas na faixa etária de 18 a 49 anos que moram em Viana ou que votam no município. Basta que o morador se cadastre previamente no site da prefeitura, em link que estará ativo a partir de domingo (6), e apresente no dia do mutirão documento com foto e comprovante de residência.

QUEM NÃO PODERÁ PARTICIPAR DO MUTIRÃO:

  • Gestantes
  • História de reação adversa grave a qualquer vacina previamente administrada
  • Ter recebido outra vacina nos últimos 14 dias
  • Pertencer a grupo de risco prioritário para a vacinação, conforme recomendado pelo Plano Nacional de Imunização (PNI)
  • Apresentar sintomas gripais
  • Ter recebido previamente e em qualquer momento, qualquer vacina para a Covid-19
  • Diagnóstico recente de Covid-19 com início dos sintomas 28 dias antes da vacinação do projeto

De acordo com a pesquisadora, as pessoas que estiverem nestas condições poderão se inscrever no projeto, no site da prefeitura, relatando a sua condição. E dependendo da situação da pessoa, ela poderá participar, posteriormente, quando os sintomas cessarem.

“Se houver engajamento dos moradores de Viana, os que estiverem nestas condições e quiserem participar, podem se inscrever, descrever seus sintomas, e haverá uma busca ativa por parte do município”, explicou a pesquisadora.

Além da coordenação do Ministério da Saúde, o projeto conta com a participação efetiva da FioCruz, da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e da Ufes-Hucam.

COMO SERÁ O PROJETO

A população de Viana, com idade entre 18 e 49 anos, será imunizada contra a Covid-19 em um mutirão no próximo dia 13, um domingo. A vacinação em massa da cidade faz parte de um estudo internacional que será desenvolvido, denominado “Viana Vacinada” e deve alcançar cerca de 35 mil pessoas.

Todos vão receber meia dose da vacina Astrazeneca, segundo informou o governador Renato Casagrande em coletiva na tarde desta sexta-feira (04).

O cadastramento para acesso à imunização será on-line. A partir do próximo domingo (6), o link vianavacinada.saude.es.gov.br, para agendamento da vacina, estará ativo. 

Serão 35 locais de vacinação, com 178 salas e mais de 800 profissionais disponíveis para essa grande campanha.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Viana SESA Coronavírus viana Vacinas contra a Covid-19

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.