ASSINE

Veja como será a volta às aulas presenciais na Grande Vitória nesta semana

Em risco moderado (amarelo) no novo Mapa de Risco, Vitória, Serra e Cariacica voltam gradativamente ao ensino em sala de aula. Mesmo em risco alto, Vila Velha também retoma à modalidade presencial

Publicado em 07/06/2021 às 11h35
Fotos de sala de aula vazia - banco de imagens
Há mais de um ano as salas de aulas não recebem alunos em Cariacica devido à pandemia. Crédito: Dids/Pexels

Após mais de um ano no ensino remoto e longe das salas de aula, os estudantes das escolas municipais de Cariacica já podem se preparar para a volta às aulas a partir desta terça-feira, dia 8 de junho. O decreto foi publicado no Diário Oficial do último dia 26. Vitória Serra também programaram o retorno das atividades presenciais nas escolas para esta segunda-feira (7).

CARIACICA

As aulas na rede municipal retornarão de forma escalonada e híbrida: retorno dos alunos do Ensino Fundamental 1 será no dia 8 de junho; no dia 15 voltam as aulas dos alunos de 4 e 5 anos da Educação Infantil; e no dia 22, Ensino Fundamental 2 e Educação de Jovens Adultos (EJA). As crianças de um a três anos continuarão as aulas de forma não presencial, aguardando a liberação das autoridades de saúde para retorno presencial.

As famílias ou responsáveis poderão optar pelos estudos de forma não presencial manifestando-se através de formulário disponibilizado pelas escolas.

Este vídeo pode te interessar

A Secretaria Municipal de Educação de Cariacica (Seme) definiu que a volta às aulas presenciais será com revezamento dos alunos, no sistema híbrido, sendo permitida ocupação máxima de 50% dos alunos nas escolas. Quando estiverem em casa, as atividades serão realizadas de maneira virtual, com o recurso da TV aberta ou por atividades impressas entregues pelas escolas.

Todas as escolas estarão sinalizadas e haverá orientação do corpo docente para que os estudantes mantenham um distanciamento mínimo de 1,5 m. Todos os alunos e professores receberão máscaras e haverá aferição de temperatura na entrada e álcool 70% à disposição de todos que estiverem no interior das escolas.

VITÓRIA

Na Capital, estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) estarão novamente nas salas de aula a partir desta segunda-feira (7).

"Sabemos que os estudantes do grupo laranja tiveram que ficar em casa na última semana, mas precisamos manter sempre o mesmo grupo de cor na escola, do 1º ao 9º ano, porque essa organização foi feita para que, de preferência, irmãos dos anos iniciais e anos finais, por exemplo, estejam no mesmo grupo presencial. Não podemos descontinuar essa organização", explicou a secretária de Educação de Vitória, Juliana Rohsner.

Vitória tem, hoje, 26.002 estudantes regularmente matriculados no Ensino Fundamental do 1º ao 9° ano. As famílias de 18.807 já se manifestaram junto às secretarias escolares ou pelo Boletim Online dos estudantes para que eles estejam nas escolas.

O retorno presencial é facultativo, ou seja, a família pode optar se o estudante retornará ou não. Aqueles que decidirem permanecer em casa continuarão sendo atendidos pelo ensino remoto emergencial, seja por meio dos roteiros de estudo impressos, retirados nas unidades de ensino, ou acessando os conteúdos e atividades na plataforma AprendeVix.

VILA VELHA

Mesmo em risco alto, Vila Velha também retorna com as aulas presenciais, mas devido à classificação mais elevada, a volta é limitada a 50% da capacidade das salas de aula. Na cidade canela-verde, a volta ocorre nesta segunda-feira apenas para estudantes da educação infantil e, para o dia 21 de junho, está prevista aos estudantes do ensino fundamental e também da educação de jovens e adultos (EJA) – ocorrerá de forma escalonada e com rodízio semanal dos alunos, sendo 50% em uma semana e a outra metade na semana seguinte.

O retorno às atividades presenciais prevê o distanciamento de 1,5 m entre os alunos conforme os protocolos sanitários amplamente divulgados para o enfrentamento da Covid-19. O total de alunos em sala de aula depende do número de pais/responsáveis que optaram pelo retorno presencial mediante a concordância com o termo de compromisso assinado nas unidades de ensino. Todas as unidades de educação infantil da cidade (Umeis) voltaram as aulas presenciais na presente data.

SERRA

Na Serra, cerca de 7.400 crianças voltaram as aulas presenciais no modelo híbrido, a partir desta segunda-feira (7). Segundo o calendário especial divulgado pela Secretaria de Educação da Serra (Sedu), essa é a vez dos Grupos 4 e 5 voltarem às salas de aula, de forma escalonada.

Para receber as crianças matriculadas na Educação Infantil da rede municipal de ensino, os Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis), bem como os trabalhadores da educação, receberam todo aparato necessário para o retorno seguro das aulas presenciais.

Demarcações no chão para garantir o distanciamento entre crianças e profissionais, álcool em gel a 70% espalhados pelas dependências dos Cmeis, em áreas internas e externas, lixeiras acionadas por pedal, mesas dispostas conforme normas de distanciamento social, demarcações nas mesas dos refeitórios, placas de orientações ao longo da unidade de ensino, são alguns dos cuidados tomados para a volta das crianças.

A Serra tem 22.660 crianças matriculadas na Educação Infantil da rede municipal, sendo que neste dia 07 de junho, das 14.788 que compõem os Grupos 4 e 5, cerca de 7.400 voltam para a sala de aula.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.