ASSINE

Sistema Transcol volta a funcionar das 5h à meia-noite na Grande Vitória

De acordo com o governador Renato Casagrande, a motivação para a dilatação do horário se deu em virtude da mudança no quadro da Capital, que migrou do risco alto ao moderado de contágio do coronavírus

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 14/05/2021 às 18h53
Passageiro paga passagem no Transcol: linhas de Vitória foram integradas às intermunicipais
Sistema Transcol tem horário de funcionamento ampliado. Crédito: Divulgação/Semobi

O sistema de ônibus Transcol volta a funcionar das 5h à meia-noite na Grande Vitória. A informação foi divulgada em pronunciamento do governador do Estado, Renato Casagrande, na tarde desta sexta-feira (14), momento em que foi divulgado o novo Mapa de Risco para controle da expansão da Covid-19, que terá validade a partir de segunda-feira (17). Os novos horários também valerão para os domingos, a partir do dia 23.

Pronunciamento de Casagrande
Novo Mapa de Risco é apresentado pelo governador do Estado. Crédito: Divulgação | Governo do Espírito Santo

De acordo com Casagrande, a motivação para a dilatação do horário se deu em virtude da mudança no quadro da Capital, que migrou do risco alto ao moderado de contágio do coronavírus. Os demais municípios da Grande Vitória seguem classificados em risco alto. "Como Vitória foi para o risco moderado, teremos que mudar o transporte público. Estamos funcionando das 5h às 22h, mas nos municípios da Grande Vitória, o Transcol passará a funcionar até a meia-noite, a partir de segunda-feira (17)", declarou.

Em nota, a Secretaria de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi) informou que além da mudança no horário, os ônibus voltarão a rodar aos domingos, para o púbico em geral, a partir do dia 23. Neste (16), ainda vale a regra anterior: somente para atendimento aos trabalhadores da saúde. "Intermunicipais e interestaduais sem restrições a partir de segunda (17)", destacou a pasta.

Neste 55º Mapa, o Espírito Santo tem 28 municípios no risco alto, 32 no risco moderado e 18 no baixo. "Ainda estamos com um mapa muito vermelho e amarelo. É preciso que a gente tome todos os cuidados", alertou Casagrande. A classificação vale até o próximo domingo (23).

Conforme ressaltou o governador em pronunciamento à imprensa, a partir do novo mapa deu-se o fim da regra da conurbação dos municípios da Grande Vitória, ou seja, a classificação dos municípios passa a ser feita de forma individual e não mais em bloco.

VIAGENS INTERMUNICIPAIS E INTERESTADUAIS

Além da mudança no horário de circulação do Transcol, Casagrande ainda anunciou que os ônibus que fazem viagem intermunicipal ou interestadual poderão andar com 100% da capacidade. Anteriormente, o limite era de 75%. A medida também valerá a partir da próxima segunda-feira (17).

Apesar das flexibilizações, o momento ainda é de cuidado, haja vista que a cobertura vacinal continua insatisfatória. "Um percentual pequeno da população está vacinado. Com a segunda dose, é pouco mais de 8%. É muito pouco. A quantidade de vacina que tem chegado é pequena e não dá para avançar muito. Ainda estão faltando imunizantes da Coronavac para segunda dose, o que nos preocupa muito. Esperamos que o Instituto Butantan consiga normalizar a produção com o recebimento do IFA (Insumo Farmacêutico Ativo)", disse o governador.

CLASSIFICAÇÃO DOS MUNICÍPIOS

  1. 01

    Risco baixo

    Águia Branca, Baixo Guandu, Bom Jesus do Norte, Colatina, Governador Lindenberg, Iconha, Itaguaçu, Itarana, Jaguaré, João Neiva, Mucurici, Muqui, Piúma, Ponto Belo, Santa Maria de Jetibá, São Domingos do Norte, São Roque do Canaã e Vila Pavão.

  2. 02

    Risco moderado

    Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Aracruz, Atílio Vivácqua, Barra de São Francisco, Brejetuba, Castelo, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Ibatiba, Ibiraçu, Ibitirama, Iúna, Jerônimo Monteiro, Laranja da Terra, Mantenópolis, Marechal Floriano, Marilândia, Mimoso do Sul, Muniz Freire, Nova Venécia, Pancas, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Teresa, São Gabriel da Palha, São Mateus, Sooretama e Vitória.

  3. 03

    Risco alto

    Alegre, Anchieta, Apiacá, Boa Esperança, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Conceição da Barra, Conceição do Castelo, Ecoporanga, Fundão, Guaçuí, Guarapari, Irupi, Itapemirim, Linhares, Marataízes, Montanha, Pedro Canário, Pinheiros, Presidente Kennedy, Rio Bananal, São José do Calçado, Serra, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Valério e Vila Velha.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.