ASSINE

Serra desiste de entregar Hospital Materno Infantil ao governo estadual

A prefeitura da Serra esclareceu que, pela nova decisão de manter a administração com o município, aguardará o período de seis meses em que o Hospital Materno Infantil ficará ocupado por pacientes com Covid-19

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 24/06/2021 às 20h40
Atualizado em 25/06/2021 às 11h52
Hospital Materno Infantil da Serra
Hospital Materno Infantil da Serra deverá continuar sob administração do município. Crédito: Helio Filho/Secom

Após anúncio realizado há cerca de um ano de que o governo do Estado assumiria a gestão do Hospital Materno Infantil, na Serra, o município recuou. Com a estadualização haveria a transferência permanente da administração da unidade, que não seria mais feita pela prefeitura. Desse modo, os 60 leitos hoje oferecidos para mães e gestantes no Hospital Dr. Jayme Santos Neves passariam a ser destinados a pacientes com a Covid-19.

Sobre o assunto, a prefeitura da Serra esclareceu que, pela nova decisão de manter a administração com o município, aguardará o período de seis meses em que o Hospital Materno Infantil ficará ocupado por pacientes com Covid-19 e, após esse prazo, iniciará os trâmites de retomada junto ao governo do Estado.

O diálogo entre município e governo estadual foi firmado na manhã desta quarta-feira (23) e tratou de parcerias e investimentos na saúde e educação.

Em junho de 2020, a prefeitura da Serra havia informado que o Hospital Materno Infantil, em Colina de Laranjeiras, contaria com 165 leitos numa primeira etapa. Em nota, a prefeitura havia explicado que a negociação com o governo do Estado, que começou em março, permitiria a ampliação da oferta.

O QUE DIZ A SESA

A Secretaria da Saúde (Sesa) informa que, pelos próximos seis meses, o Hospital Materno Infantil da Serra permanecerá sob gestão da secretaria, pois a unidade está sendo utilizada como Anexo do Hospital Jayme Santos Neves para atendimento à pacientes Covid desde o dia 07 de abril deste ano.

Ao longo desse período, serão realizadas as definições, tanto em relação a estrutura física quanto sobre a gestão, para a transferência definitiva da unidade para o município.

Atualmente, a unidade oferta 133 leitos de enfermaria e 10 leitos de UTI. Desde sua abertura, foram atendidos 470 pacientes e realizadas 330 altas.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Renato Casagrande Saúde Sérgio Vidigal Serra Hospitais Governo do ES Covid-19 Saúde serra Hospital Dr Jayme Santos Neves

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.