ASSINE

Profissionais de saúde atravessam córrego para vacinar idosa em Colatina

Em função das chuvas, a estrada que dá acesso ao local ficou intransitável. Sem pensar duas vezes, três servidoras entraram na água e se arriscaram em meio à pandemia de Covid-19

Colatina / Rede Gazeta
Publicado em 13/03/2021 às 08h33
Profissionais atravessam córrego para para vacinar idosa de 93 anos em Colatina
Profissionais de saúde atravessam córrego para chegar a casa de idosa em Colatina. Nível da água depois subiu devido às chuvas. Crédito: Acervo Pessoal

Para garantir que a vacina contra a Covid-19 chegasse até uma idosa, três profissionais de saúde de Colatina, no Noroeste do Espírito Santo, se arriscaram em uma prova de amor ao próximo. A enfermeira Lucilene Schultz, a motorista Jucileide Leida e a agente comunitária Elza de Oliveira atravessaram um córrego para imunizar Palmerina da Conceição Souto, de 93 anos, moradora de uma comunidade no interior do município, nesta sexta-feira (12).

As profissionais realizavam o trabalho na comunidade de São Gabriel de Baunilha. Quando se preparavam para aplicar a última dose do dia, o carro que levava as servidoras não conseguiu passar pela estrada, que ficou comprometida devido às chuvas que atingiram o Espírito Santo nos últimos dias. Foi então que uma delas teve a ideia de passar por outro caminho.

Lucilene Schultz

Enfermeira

"A agente de saúde tinha dito que conhecia outro caminho, mas precisava passar por um pequeno córrego onde a água batia na canela, então resolvemos ir. Quando chegamos lá, o córrego estava mais cheio, também em função das chuvas. A água já estava na altura do nosso joelho, mas não desanimamos e seguimos com a nossa missão"
Profissionais decidiram atravessar córrego para não deixar idosa sem vacina
Profissionais decidiram atravessar córrego para não deixar idosa sem vacina . Crédito: Acervo Pessoal

Com a caixa de vacinas e os equipamentos necessários, elas enfrentaram o desafio. Após atravessar o córrego, conseguiram chegar até a idosa que vive apenas com um filho que tem necessidades especiais. “Foi um momento super emocionante. Ela está lúcida e ficou super agradecida ao receber a dose”, relata a enfermeira.

Na volta, as profissionais precisariam enfrentar o córrego novamente, mas o desafio, que já era grande, ficou ainda maior. “Enquanto a gente estava vacinando a idosa, começou a chover novamente e o nível do córrego subiu um pouco. A água, que estava na altura do nosso joelho, foi parar na coxa”, lembra.

A enfermeira conta ainda que uma das colegas teve mais dificuldades no retorno, mas depois que a travessia deu certo elas até se divertiram.

Palmerina da Conceição Souto, de 93 anos, foi vacinada em Colatina
Palmerina da Conceição Souto, de 93 anos, foi vacinada em Colatina . Crédito: Acervo Pessoal

Com o sentimento de missão cumprida, elas voltaram até onde o carro ficou. “Preciso confessar que a adrenalina foi bem grande. Mas a gente trabalha por amor então temos que enfrentar essas situações”, orgulha-se Lucilene.

HISTÓRIA DE AMOR À PROFISSÃO 

Aos 50 anos, a enfermeira Lucile, conhecida pelos colegas como Lúcia, exerce a profissão há 13 anos. Segundo ela, o amor pela saúde a motivou a ingressar na profissão e se formar aos 38 anos. “Eu sou natural de Pancas e era proprietária de um comércio. Mas esse amor pela saúde me despertou quando eu precisei cuidar do meu pai. Como passava por problemas na minha atividade, resolvi entrar de vez na enfermagem”, relembra.

Aos 50 anos, a enfermeira Lucile, conhecida pelos colegas como Lúcia, exerce a profissão há 13 anos
Aos 50 anos, a enfermeira Lucile, conhecida pelos colegas como Lúcia, exerce a profissão há 13 anos. Crédito: Acervo Pessoal

Trabalhando durante toda a pandemia do novo coronavírus, a enfermeira já contraiu a doença e se recuperou bem da Covid-19. Como profissional da saúde, ela já recebeu a primeira dose da vacina de Oxford.

Colatina Espírito Santo Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 colatina espírito santo Vacina Campanha de vacinação Pandemia Vacinas contra a Covid-19

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.