ASSINE

Passageiros do Transcol podem denunciar lotação em ônibus no ES

A ferramenta passou a ser incluída no já existente aplicativo ÔnibusGV. A tentativa é evitar as aglomerações dentro dos veículos por causa do novo coronavírus.

Publicado em 21/05/2020 às 16h26
Atualizado em 21/05/2020 às 23h02
Muitos usuários do Transcol estão usando a máscara de proteção contra o coronavírus. Mas ainda é possível ver alguns em ela ´
Atualização em aplicativo possibilita denúncia de lotação em ônibus da sistema Transcol. Crédito: Carlos Alberto Silva

Como forma de conter a pandemia do novo coronavírus, o Governo do Espírito Santo anunciou nesta quinta-feira (21) que os passageiros que o usam os ônibus do sistema Transcol poderão denunciar a lotação nos coletivos. A ferramenta passou a ser incluída no já existente aplicativo ÔnibusGV. A tentativa é evitar as aglomerações dentro dos veículos, condição favorável ao contágio pelo novo coronavírus.  A recomendação é de que passageiros embarquem apenas em coletivos com assentos disponíveis.

Segundo informações do Governo do Estado, as denúncias devem ajudar a identificar  os trajetos que estão sendo mais demandados naquele momento, mas não especificou se alguma linha pode ser reforçada caso as denúncias sejam frequentes.

O "upgrade"  no aplicativo acontece um dia após uma declaração do secretário de Estado de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno, que incomodou passageiros do transporte coletivo. Segundo ele, se o ônibus estiver cheio, o passageiro deve esperar outro. 

A atualização no aplicativo não é a primeira ação desenvolvida para conter o avanço do coronavírus. No último dia 15, a plataforma passou a ter uma opção para denunciar a ausência do uso de máscara no transporte coletivo. A medida aconteceu após o governador Renato Casagrande expedir um decreto que obrigava o uso da proteção nos ônibus.

Para denunciar a lotação acima do recomendado no transporte, o passageiro precisa baixar a versão mais atualizada do aplicativo

Segundo informações do Governo do Estado, o sistema Transcol já adota outras medidas para diminuir o risco de contágio no transporte coletivo. Entre as ações estão o reforço na higienização e a retirada de circulação dos veículos com ar-condicionado.

CORONAVÍRUS NO ES:

O Espírito Santo registra, até o início da tarde desta quinta-feira (21), 346 mortes e 8.495 casos confirmados do novo coronavírus, segundo informações do Painel Covid-19. De acordo com os dados da plataforma, 21 óbitos e 802 confirmações foram registradas nas últimas 24h.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.