ASSINE

Ocupação dos leitos de UTI no ES permanece em 85%

Informações do Governo do Estado mostram que há 93 vagas para quem depende do SUS; atualização deste domingo (14) revela agravamento na Região Central

Publicado em 14/06/2020 às 18h19
Atualizado em 14/06/2020 às 21h38
Novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com respirador no Hospital Jayme Santos Neves, na Serra.
Estado segue com menos de 100 leitos de UTI disponíveis para pacientes da Covid-19 que dependem do SUS. Crédito: Reprodução/TV

A taxa de ocupação das unidades de terapia intensiva (UTI) permaneceu praticamente estável no Espírito Santo com 85,54% neste domingo (14) – segundo dia em que o índice se manteve neste patamar. Atualmente, há 93 leitos do tipo disponíveis para atender exclusivamente pacientes infectados pelo novo coronavírus.

A pequena variação (de 0,31 pontos percentuais) aconteceu principalmente por causa do agravamento da situação na Região Central de Saúde, que engloba 18 municípios. Embora ainda permaneça sendo a que possui a situação menos crítica do Estado, a ocupação das UTIs locais saltou de 52,94% para 64,71% em apenas um dia. Ou seja, restam apenas 12 leitos livres.

77,09%

é a taxa de ocupação geral dos leitos no Espírito Santo, incluindo os de UTI e os de enfermaria

As vagas para garantir atendimento aos pacientes da pandemia também diminuíram na Região Norte, onde a taxa subiu cerca de dois pontos percentuais na última atualização, feita pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesa). Já a ocupação dos leitos de UTI nas regiões Sul e Metropolitana, que engloba a Grande Vitória, apresentaram ligeira queda.

Este vídeo pode te interessar

VEJA A SITUAÇÃO DE CADA REGIÃO DO ES

Região Metropolitana

  • Ocupação dos leitos de UTI: 88,15% (409 de 464)
  • Ocupação dos leitos de enfermaria: 71,35% (376 de 527)
  • Taxa de ocupação geral: 79,21%

Região Norte

  • Ocupação dos leitos de UTI: 84,62% (66 de 78)
  • Ocupação dos leitos de enfermaria: 64,71% (22 de 34)
  • Taxa de ocupação geral: 78,57%

Região Sul

  • Ocupação dos leitos de UTI: 79,1% (53 de 67)
  • Ocupação dos leitos de enfermaria: 58,57% (41 de 70)
  • Taxa de ocupação geral: 68,61%

Região Central

  • Ocupação dos leitos de UTI: 64,71% (22 de 34)
  • Ocupação dos leitos de enfermaria: 54,84% (17 de 31)
  • Taxa de ocupação geral: 60%

Considerando apenas os leitos de enfermaria, destinados ao atendimento de pacientes com quadro de saúde moderado da Covid-19, o Espírito Santo tem uma situação menos crítica: do total de 662 vagas ofertadas, 206 ainda estão disponíveis. O que representa uma taxa de ocupação de 68,88%.

MAIS DE 26 MIL CASOS CONFIRMADOS

Neste domingo (14), o Espírito Santo superou a marca de 26 mil casos confirmados do novo coronavírus. A maioria dessas pessoas (14.634) já são consideradas curadas, mas 1.055 não resistiram à doença e morreram. Atualmente, a taxa de letalidade do Estado está em 3,99% e mais de 70 mil testes já foram realizados. 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.