ASSINE

O que explica Piúma ser a única cidade do ES em risco alto?

Segundo a prefeitura, a grande movimentação de pessoas no verão ocasionou o aumento do número de casos de Covid-19 no município. Entenda

Cachoeiro de Itapemirim / Rede Gazeta
Publicado em 01/03/2021 às 13h43
Segundo a prefeitura, a grande movimentação de pessoas no verão ocasionou no aumento no número de casos de Covid-19 no município
Praia de Piúma/ES. Crédito: Prefeitura de Piúma

O município de Piúma, no litoral Sul do Espírito Santo, é o único no Estado classificado como risco alto para transmissão da Covid-19. A cidade está vermelha no mapa divulgado pelo governo estadual pela segunda semana consecutiva. Até a manhã desta segunda-feira (01), Piúma já confirmou 1.752 casos, 50 óbitos, 1531 curados, 1239 suspeitos, 2821 descartados e 5812 notificados.

Para a prefeitura, a classificação é resultado da grande movimentação de pessoas pelas praias, pelo comércio e também em eventos particulares e públicos, o que ocasionou aumento no número de casos na cidade.

241 PACIENTES EM 28 DIAS

“Nos últimos 28 dias, foram confirmados 241 pacientes. Esse resultado foi atingido devido ao início do ano, que é marcado por datas comemorativas, como ano-novo, carnaval, férias escolares e, principalmente, o turismo. Pelos padrões da Secretaria Estadual de Saúde, esse quantitativo de pacientes positivos acabou sendo enquadrado em risco alto”, informou a nota da prefeitura.

COMPORTAMENTO EM JANEIRO

Para o pesquisador do Instituto Jones dos Santos Neves, Pablo Lira, os atuais números de Piúma se referem ao comportamento das pessoas em janeiro. “O que colocou o município em risco alto é o número de óbitos e de casos ativos que não tiveram uma redução significativa, e isso é resultado de janeiro. Os números do carnaval ainda devem aparecer até a metade do mês de março”, explicou.

Segundo a prefeitura, os pacientes que fazem parte destes casos ativos estão sendo monitorados, já saindo do hospital com orientação de isolamento, prescrição médica e exames.

“Para que esse número comece novamente a cair, pedimos a toda a população que respeite as regras de isolamento social, evitando aglomerações, participação de eventos sociais e que, sempre ao sair de casa, use sua máscara de proteção, bem como a higienização constante das mãos e utensílios”, reforçou a prefeitura.

46º mapa de risco do Espírito Santo sobe
46º mapa de risco do Espírito Santo sobe . Crédito: Governo do Estado

ESTABELECIMENTOS FECHAM ÀS 20H E BARES PROIBIDOS DE FUNCIONAR

Com o risco alto, a Prefeitura de Piúma publicou as regras vigentes durante a classificação. O decreto não prevê toque de recolher, mas o funcionamento de lanchonetes, restaurantes, lojas de conveniência, galerias, distribuidoras de bebidas alcoólicas e similares estabelecimentos comerciais só podem funcionar de segunda a sexta-feira, até as 20h, e, no sábado, até as 16h.

A comercialização remota, com a retirada pelo cliente de produtos em área externa do estabelecimento ou a entrega de produtos na modalidade delivery, está permitida.

Está proibido o funcionamento dos bares e o consumo presencial de bebidas alcoólicas em distribuidoras de bebidas, lojas de conveniência e similares, além de parques de diversões, brinquedos de recreação, boates, casas de shows e espaços culturais.

As atividades presenciais em todos os estabelecimentos de ensino, da rede pública e privada também estão suspensas e a Prefeitura Municipal de Piúma funcionará em expediente interno. O decreto completo, com todas as regras, pode ser acessado no site da prefeitura.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.