ASSINE

Covid-19: Casagrande anuncia novo mapa de risco para o ES

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, fez um pronunciamento ao vivo e anuncia o novo mapa de risco para o Estado; veja

Publicado em 26/02/2021 às 17h51
Atualizado em 26/02/2021 às 18h02

18:02

Fim da transmissão

"Vamos cumprir aquilo que estamos falando há um ano. Máscara, não aglomeração, isolamento, higiene das mãos. O Espírito Santo está estabilizado, vamos evitar que ele caminhe para gravidade. Nós vamos fazer a nossa parte, mas conto com todos. Obrigado e bom final de semana a todos vocês".


18:00

Municípios também vão receber 4 mil oxímetros nos próximos dias

"Vamos entregar nos próximos dias 4 mil oxímetros para medir a oxigenação do sangue. Isso é fundamental para acompanhar a gravidade da doença. Às vezes a pessoa não tem muitos sintomas, mas se tiver oxigenação baixa, isso pode ser um sinal importante para internação".


17:59

ES vai distribuir 62 mil testes para municípios

"A vacina é o caminho, é a forma que temos para enfrentar o problema. Enquanto não resolvemos definitivamente, estamos tomando outras medidas. Vacina é passo importante, chegou, a gente distribui. Mas além disso, precisamos testar as pessoas. Quem estiver com o vírus, deve ser isolado. A partir dessa semana, temos 62 mil testes rápidos que identificam o vírus no nosso corpo. Serão entregues aos municípios para que possam fazer o teste. Estamos comprando também 250 mil testes. Queremos testar em massa".


17:55

"Continuamos buscando contato com laboratórios", afirma governador

"Estamos convivendo com a pandemia, essa convivência permite que a gente possa atender a todos nos hospitais, permite atividades econômicas. Estamos recebendo número pequeno de vacinas, todas que chegam imediatamente já vão para o processo de vacinação. Ontem mesmo começamos o trabalho para vacinar as pessoas com mais de 80 anos de idade. Espero que a partir de março a gente normaliza o recebimento de vacinas para alcançar rapidamente as pessoas com mais de 60 anos de idade, porque é o grupo mais vulnerável da sociedade. Também estamos buscando contato com laboratórios, mas não existe vacina disponível para a gente comprar. Se conseguirmos, vamos fortalecer o cronograma do Ministério da Saúde, que está apontando que vai vacinar todos até o final do ano".


17:53

Número de leitos está sob controle, diz Casagrande

"Temos o número de leitos sob controle mas isso não significa que podemos deixar de tomar os cuidados. Na quinta-feira foi registrado o maior número de óbitos em um único dia, mais de mil. Esse número assusta todo mundo, as pessoas precisam se sensibilizar com esse número de pessoas que perdem a vida. Mais de 20 Estados do Brasil estão com dificuldade de leitos, tanto é que recebemos pacientes de Amazonas, Rondônia... Estamos acompanhando a angústia das outras regiões. Isso mostra que a pandemia está crescente no Brasil. Tomara que a gente não sofra nenhuma consequência, porque não estamos isentos e imunes de situação mais grave e transmissão mais intensa".


17:52

Piúma continua classificada em risco alto

"Mesmo município em risco alto: Piúma. Mesmo número de municípios em risco moderado e baixo. Alguns municípios migraram entre risco moderado e baixo. Essa realidade apresenta estabilidade no Estado. Tivemos crescimento maior na pandemia em dezembro e janeiro. Fevereiro tem se comportado com número de óbitos menor".


17:51

Início do pronunciamento

Renato Casagrande cumprimenta internautas e jornalistas e dá início ao pronunciamento ao vivo.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.