Nova remessa de vacina pode chegar ao ES em 2 ou 3 semanas, diz secretário

A estimativa, porém, só vai se concretizar se o Brasil tiver êxito na importação de vacinas da Índia e se o Instituto Butantan conseguir autorização para um segundo lote de imunizantes

Publicado em 19/01/2021 às 09h51
Atualizado em 19/01/2021 às 14h08
Armazenamento das vacinas na Rede de Frio da Sesa, em Bento Ferreira - Chegada da vacina contra a covid - 19, Sars-CoV-2, produzida pelo Instituto Butantan e Sinovac
Armazenamento das vacinas na Rede de Frio da Sesa, em Bento Ferreira - Chegada da vacina contra a covid - 19, Sars-CoV-2, produzida pelo Instituto Butantan e Sinovac. Crédito: Fernando Madeira

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, afirmou, em entrevista à TV Gazeta, que o Espírito Santo tem a expectativa de receber uma nova remessa de vacinas contra a Covid-19 em duas ou três semanas. A estimativa, porém, só vai se concretizar se o Brasil tiver êxito na importação de vacinas da Índia e se o Instituto Butantan conseguir autorização para um segundo lote de imunizantes.

O primeiro lote com a vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, chegou nesta segunda-feira (18) ao Espírito Santo. Ele foi transportado por um avião da Azul Linhas Aéreas. A aeronave pousou por volta das 18h20 no Aeroporto de Vitória.

"Acreditamos que nas próximas duas, três semanas, caso a Anvisa autorize o segundo lote do Butantan e exista uma resolução desse dilema com a Índia na importação das vacinas da Oxford, é possível que tenhamos outra remessa ainda pequena para reforçar e dar continuidade à vacinação", declarou Nésio.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) começou, na manhã desta terça-feira (19), a distribuir as doses da vacina contra o coronavírus aos municípios do Espírito Santo. O governo do Estado deu início, na noite desta segunda-feira, à campanha de imunização, no Hospital Jayme Santos Neves, na Serra.

Os caminhões que transportam as doses para as cidades capixabas são escoltados pela Polícia. Os veículos saíram da sede da Rede de Frios, da Sesa, em Bento Ferreira, em Vitória, por volta das 8h15 desta terça-feira.

CHEGADA DA VACINA

O primeiro lote com a vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, chegou nessa segunda-feira (18) ao Espírito Santo. Ele foi transportado por um avião da Azul Linhas Aéreas. A aeronave pousou por volta das 18h20 no Aeroporto de Vitória.

Fazem parte desse primeiro grupo beneficiado 42.273 profissionais da área da Saúde, 2.793 indígenas, 2.970 idosos institucionalizados e 210 pessoas com deficiência institucionalizadas. Nesta segunda-feira (18), foi dado o pontapé inicial à campanha de vacinação no Espírito Santo, no Hospital Jayme Santos Neves, na Serra.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.