ASSINE

Motorista morre após caminhão capotar em Alegre

O veículo capotou na BR 482, no trecho conhecido como "Alto da Serra". O caminhão caiu em uma ribanceira e a cabine ficou totalmente destruída

Cachoeiro de Itapemirim / Rede Gazeta
Publicado em 26/07/2021 às 13h37
O caminhão capotou na BR 482, no trecho conhecido por “Alto da Serra”. A ocorrência ainda está em andamento
Caminhoneiro morre após caminhão capotar em Alegre. Crédito: Internauta

Um caminhoneiro morreu na manhã desta segunda-feira (26), na BR 482, em Alegre, no Sul do Espírito Santo. O caminhão que estava carregado com cimento seguia para município de Minas Gerais e capotou no trecho conhecido como "Alto da Serra", por volta das 11h.

O caminhão caiu de uma ribanceira e a cabine ficou totalmente destruída. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a perícia da Polícia Civil foi acionada e uma equipe estava a caminho do local no início da tarde desta segunda.  A Polícia Militar também esteve no local para dar apoio ao atendimento.

Segundo os Bombeiros, o caminhão desceu de ré, bateu em uma cerca e caiu de uma ribanceira de cerca de 50 metros. O motorista, identificado como Jadir Pio de Oliveira, de 67 anos, seguia no sentido Guaçuí e morreu no local. O corpo foi encontrado fora da cabine, em meio à carga de cimento que ficou espalhada na pista.

Motorista morre após caminhão capotar em Alegre
Motorista morre após caminhão capotar em Alegre. Crédito: Priciele Ventirini

Corpo de Bombeiros constatou que o motorista estava sozinho no caminhão. A rodovia ficou parcialmente interditada para os trabalhos de perícia e para limpeza da rodovia. O corpo de Jadir foi encaminhado ao Serviço Médico Legal de Cachoeiro de Itapemirim.

O veículo transportava 14 mil quilos de cimento distribuídos em 280 sacos e havia saído de uma fábrica de cimento, em Cachoeiro de Itapemirim, com destino a Alto Jequitibá, em Minas Gerais

Atualização

26 de Julho de 2021 às 17:58

Após a publicação desta matéria, a TV Gazeta Sul apurou mais detalhes no local do acidente, incluindo a identificação da vítima. As informações foram inseridas no texto.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.