ASSINE

Menino de 11 anos pula em piscina para salvar cachorro na Serra

Matheus Felipe ouviu o barulho do seu cachorro Nitro, que é da raça rottweiler e pesa 70 kg, caindo na piscina de casa e saiu correndo para conseguir tirar o amigo da água. Veja o vídeo

Publicado em 26/06/2021 às 20h20
Um menino de 11 anos foi herói e salvou o rotwailer da família que caiu na piscina enquanto tentava pegar uma bolinha
Um menino de 11 anos foi herói e salvou o rotwailer da família que caiu na piscina enquanto tentava pegar uma bolinha. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

Um menino de 11 anos teve um dia de herói e salvou o rottweiler da família que caiu na piscina enquanto tentava pegar uma bolinha para brincar no bairro Morada de Laranjeiras, na Serra. Ao ouvir o barulho do cachorro caindo na água, Matheus Felipe não pensou duas vezes e pulou na piscina para salvá-lo. A tarefa não foi fácil, já que Nitro, apesar de ter apenas três anos, pesa cerca de 70 kg.

Nas imagens registradas por câmeras de segurança da casa, é possível ver o cachorro olhando fixamente para a piscina, quando se desequilibra e cai. E quem salvou o amigo foi Matheus. O menino ouviu o barulho de Nitro caindo na água e saiu correndo para ajudar.

Matheus conversou com a reportagem da TV Gazeta e contou que, apesar do frio, não pensou duas vezes e salvou o amigo Nitro, com quem já teve momentos emocionantes.

Matheus Felipe

Menino de 11 anos que salvou o cachorro

"Eu não sabia o que era para fazer, então eu cheguei pulando, e tava um frio danado naquele dia. Eu pulei de meia, short e blusa. Ele é um amigão para mim, já chorei muito com ele. Quando saiu da água, ele começou a me lamber pedindo 'obrigado'"
Um menino de 11 anos foi herói e salvou o rotwailer da família que caiu na piscina enquanto tentava pegar uma bolinha
Um menino de 11 anos foi herói e salvou o rotwailer da família que caiu na piscina enquanto tentava pegar uma bolinha. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

A veterinária Jyzana Arantes explicou à reportagem da TV Gazeta que, embora os cachorros saibam nadar, os de algumas raças podem se cansar facilmente e morrer afogados de exaustão.

"Eles nascem sabendo nadar, sim. Mas algumas raças, principalmente aquelas braquicefálicas, que são as que têm o nariz achatado, o focinho mais para dentro, eles têm muita dificuldade respiratória e se cansam mais facilmente. Esses cães conseguem nadar por muito pouco tempo", explicou.

O ideal, segundo a veterinária, é que o tutor treine o cão para mostrar onde é a saída da piscina se por acaso ele cair na piscina e não houver alguém por perto.

Com informações do repórter Caique Verli, da TV Gazeta.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo Grande Vitória Serra espírito santo serra

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.