Mais de 800 pessoas estão fora de casa por causa das chuvas no ES

Estado contabilizou 761 desalojados e 59 desabrigados na tarde desta segunda-feira (22); Divino de São Lourenço e Mimoso do Sul registram vítimas

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 22/02/2021 às 20h00
Atualizado em 22/02/2021 às 22h19
O Rio Itabapoana subiu quase 4 metros e pelo menos três bairros ficaram alagados
Alagamento deixa 678 pessoas fora de casa em Bom Jesus do Norte, no Sul do ES. Crédito: Defesa Civil Municipal

Já são mais de 800 as pessoas que precisaram deixar as próprias casas em decorrência das fortes chuvas dos últimos dias no Espírito Santo. No final da tarde desta segunda-feira (22), foram contabilizados 761 desalojados e 59 desabrigados – totalizando 812 vítimas, em oito municípios do Estado.

De acordo com o último relatório extraordinário da Coordenaria Estadual de Proteção e Defesa Civil (Cepdec), a situação mais crítica segue sendo a de Bom Jesus do Norte, onde 650 moradores estão desalojados e outros 28 estão sendo acolhidos em uma creche e em uma escola, ambas no bairro São Sebastião.

Já a principal mudança em relação ao levantamento anterior, divulgado durante a manhã desta segunda-feira (22), é a entrada de Divino de São Lourenço e Mimoso do Sul na lista dos municípios afetados. O primeiro tem quatro desalojados; enquanto o segundo registra 42 desalojados e sete desabrigados.

Ainda na Região Sul – a mais afetada pelas recentes e intensas chuvas – há dezenas de vítimas contabilizadas em Alegre (21 desalojados e dez desabrigados) e Apiacá (30 desalojados e dez desabrigados). Além de quatro desalojados em Cachoeiro de Itapemirim e três em Iúna.

O município de Barra de São Francisco é o único do Noroeste do Estado com registros do tipo. No distrito de Córrego de Itá, um deslizamento de terra atingiu parte de uma residência e sete pessoas que compõem duas famílias precisaram deixar o local. Elas estão em casas de familiares ou amigos.

13 ALERTAS DE RISCO VIGENTES NO ES

Devido às fortes chuvas, quatro cidades estão sob alerta de enchente. O risco é considerado alto em Linhares e moderado em Cachoeiro de Itapemirim, Vargem Alta e Alfredo Chaves. Há também nove alertas de nível moderado para deslizamento de terra, que englobam Ibitirama, Bom Jesus do Norte, Apiacá, Guaçuí, Castelo, Muqui, Pancas, Vargem Alta e Cachoeiro de Itapemirim.

VEJA ONDE MAIS CHOVEU NAS ÚLTIMAS 24H

  • Venda Nova do Imigrante: 50,6 mm
  • Vargem Alta: 48 mm
  • Alfredo Chaves: 47,8 mm
  • Conceição do Castelo: 35,6 mm
  • Rio Novo do Sul: 35 mm
  • Santa Leopoldina: 32,93 mm
  • Iúna: 26,8 mm
  • Anchieta: 22,6 mm
  • Viana: 21,6 mm
  • Marechal Floriano: 19,4 mm
  • Apiacá: 19 mm
  • São José do Calçado: 17 mm

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.