ASSINE

Foi afetado pelas fortes chuvas no ES? Veja como pedir benefício ao governo

Pedido pelo Cartão Reconstrução ES, que concede R$ 3 mil para quem foi afetado pelas fortes chuvas no Estado no início deste ano, libera crédito para compra de móveis, eletrodomésticos e material de construção; entenda

Publicado em 28/05/2020 às 21h39
Atualizado em 28/05/2020 às 21h39
Cartão Reconstrução ES
Cartão Reconstrução ES. Crédito: Divulgação

As famílias que foram afetadas pelas fortes chuvas que atingiram o Espírito Santo no início deste ano, terão até o dia 31 de julho para pedir o auxílio do Governo do Estado, que criou o Cartão Reconstrução, em janeiro, permitindo que os prejudicados contem com R$ 3 mil para compra de móveis, eletrodomésticos e material de construção.

período de adesão foi estendido por um projeto de lei de autoria do governo do Estado, que aumenta o prazo para famílias atingidas pelas chuvas se inscreverem no Cadastro Único (CadÚnico), para receber os pagamentos do Cartão Reconstrução ES. A proposta deve ser sancionada pelo governador.

Em meio à pandemia, o caminho continua o mesmo e, para facilitar o entendimento, a reportagem de A Gazeta criou um passo a passo para quem ainda não solicitou o auxílio e se viu prejudicado na enchente, que atingiu várias regiões do Espírito Santo.

QUEM PODE TER O CARTÃO RECONSTRUÇÃO?

Famílias com renda de até três salários mínimos que estejam inscritas no CadÚnico do governo federal têm direito ao cartão, com saldo de até R$ 3 mil para compra de materiais de construção, móveis e eletrodomésticos.

O cartão é operado pelo Banestes, com recursos do Fundo Estadual de Assistência Social, que recebe um aporte da reserva de contingências do governo do Estado.

É CARTÃO DE CRÉDITO?

Não; o cartão magnético possui somente a função de débito. “Os beneficiários têm seis meses, a contar da data de retirada do cartão na agência para utilizar o valor liberado, e até 12 meses para retirar o cartão da agência bancária, a contar da data de liberação do auxílio. Os valores não utilizados serão devolvidos ao Governo do Estado após esses prazos”, explicou Cyntia Figueira Grillo, secretária de Estado de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social.

CADASTRAMENTO E SELEÇÃO

  1. O cadastramento deve ser realizado para as famílias que tenham renda familiar de até três salários mínimos, sejam cadastradas no CadÚnico, residam em município abrangido pelo decreto de Situação de Emergência ou Estado de Calamidade Pública, e que tenham o documento oficial emitido pela Defesa Civil, pelo Corpo de Bombeiros ou por órgão público do município;
  2. Na sequência, a Secretaria de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades) analisa e valida os cadastros recebidos, inserindo os dados das famílias elegíveis no sistema do auxílio financeiro com cadastros aptos e deferindo o auxílio financeiro. Os cadastros que não cumprirem os requerimentos previstos, que apresentarem incorreções ou cadastro incompleto terão os requerimentos indeferidos;
  3. As famílias que não possuem CadÚnico ou que não estão com os dados atualizados, serão encaminhados para a inscrição ou atualização, antes de serem cadastradas para fazer o Cartão Reconstrução ES. As famílias terão até o dia 31 de julho para serem inscritas no Cadastro Único;
  4. Os beneficiários terão seis meses, a contar da data de retirada do cartão na agência do Banestes, para utilizar o valor liberado. O cartão poderá ser retirado em um ano na agência bancária. Os valores não utilizados serão devolvidos ao Governo do Estado após esses prazos.

Para mais informações ou dúvidas, acesse o site https://setades.es.gov.br/.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.