ASSINE

Fiscalização notifica 11 bares e distribuidoras abertos em Vila Velha

Ação foi realizada na noite deste sábado (27) em sete bairros da cidade. Em três locais as equipes flagraram funcionamento com portas abaixadas na tentativa de enganar a fiscalização

Publicado em 28/06/2020 às 15h34
Atualizado em 28/06/2020 às 15h34
Guarda Municipal e Polícia Militar participaram da ação que mirou a Região 5 de Vila Velha
Guarda Municipal e Polícia Militar participaram da ação que mirou a Região 5 de Vila Velha . Crédito: Divulgação/PMVV

Equipes da Prefeitura de Vila Velha (PMVV) realizaram na noite deste sábado (27) ações de fiscalização do cumprimento dos decretos de proibição ao funcionamento de estabelecimentos pela pandemia do novo coronavírus. Os agentes foram em sete bairros da Região 5 da cidade após a central ter recebido um grande número de denúncias das comunidades.

Na ocasião, 11 estabelecimentos, sendo nove bares e duas distribuidoras, foram notificados e orientados a encerrarem as atividades. Em três locais as equipes flagraram o funcionamento com as portas abaixadas na tentativa de ludibriar a fiscalização.

Todos os estabelecimentos comerciais foram notificados pelas equipes de Posturas, Vigilância Sanitária e de Meio Ambiente a suspenderem as atividades por infringirem os decretos estadual e municipal de funcionamento. Alguns dos empreendimentos também foram orientados a se regularizarem junto ao órgão municipal.

Os alvos da fiscalização foram apontados pelas equipes da 13ª Cia Independente da Policia Militar (PM), que também participaram da ação, como locais problemáticos de ocorrências frequentes de agressões, confusões e tráfico de drogas. Entre os bairros percorridos estão Jabaeté, Normília da Cunha, Terra Vermelha, Barramares, Balneário Ponta da Fruta, Ponta da Fruta e Morada da Barra.

“Nós intensificamos ainda mais as nossas operações de fiscalização, que já eram realizadas de forma ordinária, por conta da pandemia de coronavírus. Agora, a nossa prioridade, além de prevenir a violência e as ações delituosas, é diminuir as aglomerações que são focos principais da transmissão da doença”, disse o secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, coronel Oberacy Emmerich Júnior.

A Guarda Municipal e a (PM) também integraram as equipes de fiscalização. “A operação foi feita com sucesso, sem agressividade, e todos acataram as orientações”, avaliou o sargento da 13ª Cia Independente da Policia Militar, Isaías Silva.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.