ASSINE

ES vai oferecer atendimento psicológico a quem tem "medo de agulha"

Segundo a Sesa, a estratégia será adotada para garantir que mais capixabas tenham acesso à imunização contra a Covid-'19

Publicado em 21/10/2021 às 12h48
Vacina Coronavac
Vacinação com a Coronavac contra a Covid-19. Crédito: Carlos Alberto Silva

Quem tem medo extremo de agulha (aicmofobia) e, por isso, ainda não tomou a vacina contra a Covid-19 no Espírito Santo poderá receber apoio psicológico e até sedação na hora da aplicação do imunizante.

Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) anunciou nesta quinta-feira (21) que está fazendo um censo para identificar e localizar os capixabas que sofrem dessa fobia.

O cadastro deve ser feito na Plataforma Vacina e Confia, que fornece dados relacionados à pandemia da Covid-19 nos municípios capixabas. As informações servirão como base para que o Estado defina as ações para alcançar o público.

O secretário Nésio Fernandes informou que mais de 300 pessoas já confeccionaram a autodeclaração disponível na ferramenta. O sistema deve permanecer acessível até o fim deste mês.

"No início de novembro teremos condições de alcançar essa população com diversas estratégias de apoio psicológico, e em alguns casos, até de sedação, para garantir que todos tenham acesso à vacinação contra o Sars-CoV-2", declara Fernandes.

As estratégias podem incluir orientação, abordagem psicológica, presença de alguém que seja próximo de quem deseja ser vacinado para dar suporte afetivo e, em alguns casos, a aplicação de medicamentos sedativos administrados por vias orais.

Outra novidade é que, a partir desta sexta-feira (22), será possível acompanhar o status da vacinação de todos os municípios o avanço da imunização em cada microrregião a cada 10 minutos. 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.