ASSINE

ES libera antecipação da segunda dose da AstraZeneca em 2 semanas

O secretário Nésio Fernandes informou que a decisão já foi comunicada aos municípios, que devem abrir agendamentos para a D2 do imunizante nos próximos dias

Publicado em 22/06/2021 às 12h15
Vacina de Oxford
A vacina de Oxford/AstraZeneca. Crédito: Carlos Alberto Silva

A Secretaria de Estado da Saúde autorizou a antecipação da aplicação da segunda dose da vacina AstraZeneca contra a Covid-19 em duas semanas. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (21) e informada nesta terça (22) em entrevista coletiva realizada pelo titular da pasta, secretário Nésio Fernandes.

Nésio explicou que a decisão foi tomada considerando a ampliação da oferta de vacinas e o recebimento de mais doses da AstraZeneca.

“Nós já recebemos vacinas para serem aplicadas daqui a duas semanas. No entanto, em avaliação interna, nos pareceu adequado não guardar essas vacinas ao longo dessas duas semanas, esperando chegar ao total de 84 dias, e já antecipar para que, a partir de 70 dias da aplicação da primeira dose, a população capixaba já tenha acesso à segunda dose da vacina da AstraZeneca”, disse.

O secretário informou que a decisão já foi comunicada aos municípios, que devem abrir agendamentos para a D2 do imunizante nos próximos dias. “Ao longo desta semana, já teremos a abertura por parte dos municípios da agenda para vacinação da população com a segunda dose da AstraZeneca em todos aqueles que já tenham 70 dias da aplicação da primeira dose”, explicou.

Nésio afirmou que não haverá nenhum prejuízo para a população, pelo contrário. Que a segunda dose do imunizante antecipada trará mais benefícios para as pessoas no contexto da cobertura vacinal.

“Nós já comunicamos formalmente os municípios para que possamos acelerar e melhorar o desempenho da cobertura populacional da segunda dose da vacina da AstraZeneca. A própria bula recomenda que a partir dos 28 dias é possível ter a aplicação da segunda dose. Então, não haverá nenhum tipo de prejuízo, mas sim uma vantagem”, completou.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Coronavírus no ES Vacinas contra a Covid-19

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.