ASSINE

ES inicia vacinação das forças de segurança contra a Covid-19

O primeiro a ser vacinado foi o sargento de Souza, da Polícia Militar. Depois dele, receberam a imunização outros nove profissionais da Polícia Militar, Polícia Civil, Bombeiros, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Guarda Municipal

Publicado em 06/04/2021 às 09h15
Sargento de Souza, da Polícia Militar foi o primeiro profissional de segurança pública a receber a vacina
Sargento Sargento de Souza, da Polícia Militar foi o primeiro profissional de segurança pública a receber a vacina. Crédito: Reprodução/Facebook

Governo do Espírito Santo iniciou na manhã desta terça-feira (06) a vacinação dos profissionais de segurança pública contra a Covid-19. Em cerimônia realizada no Palácio Anchieta, e transmitida ao vivo pelas redes sociais, 10 trabalhadores receberam a primeira dose da vacina Coronavac, produzida no Brasil pelo Instituto Butantan. 

O primeiro a ser vacinado foi o sargento de Souza, da Polícia Militar. Depois dele, receberam a imunização outros nove profissionais da Polícia Militar, Polícia Civil, Bombeiros, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Guarda Municipal.  

“Hoje a nossa Polícia Militar faz aniversário de 186 anos e o primeiro a ser vacinado vai ser o sargento de Souza, da PM. Estamos vacinando a partir de hoje os profissionais que estão na linha de frente no enfrentamento à pandemia. Meu agradecimento ao Instituto Butantan, que está conseguindo produzir muitas vacinas no Brasil”, afirmou o Governador Renato Casagrande.

SETE MIL PROFISSIONAIS VACINADOS

De acordo com o governador Renato Casagrande, sete mil profissionais da segurança pública serão vacinados essa semana. Para que um número maior de profissionais seja imunizado, o Governo do Estado vai utilizar as doses que estavam guardadas como uma espécie de reserva técnica.

"Originalmente o Ministério da Saúde tinha orientado a gente usar 800 doses, mas estamos usando toda a nossa reserva para gente poder vacinar um número maior de profissionais de segurança. É um reconhecimento ao trabalho que as forças de segurança tem prestado à toda sociedade capixaba no enfrentamento ao crime e no controle da pandemia.  Essa semana serão mais de sete mil doses para as forças de segurança", disse Casagrande.

Apesar de utilizar quase todas as doses da chamada reserva técnica, Casagrande garantiu que isso não vai interferir na vacinação dos idosos. 

"O uso da reserva técnica não altera em nada o nosso cronograma da fase 1 da vacinação, que são pessoas de mais idade. Essa reserva técnica é para a gente poder ir usando de acordo com mudanças no plano nacional de imunização, que é o caso das forças de segurança e dos professores", esclareceu.

Renato Casagrande

Governador

"A gente está vacinando os profissionais de segurança de acordo com a faixa etária. Quem está na linha de frente da pandemia, dos de mais idade para os de menor idade, essa é a ordem e o critério usado por nós nesse início"

A logística e os locais onde os profissionais serão imunizados serão estabelecidos pelas próprias forças de segurança. 

VACINAÇÃO DOS PROFESSORES

O governador disse ainda que, conforme o cronograma, a vacinação dos profissionais da educação terá início na semana que vem. Os professores começam a ser imunizados no dia 15 de abril.

"A partir do dia 15 nós começaremos a vacinação dos profissionais da educação. Neste momento estamos antecipando a vacinação das forças de segurança pelo trabalho que eles estão fazendo à frente da pandemia", finalizou.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.