ASSINE

ES e empresas negociam reajuste da passagem do Transcol e do pedágio da 3ª Ponte

Questionado sobre o novo percentual de aumento, Casagrande destacou que qualquer reajuste deve ficar dentro ou abaixo da faixa de inflação

Tempo de leitura: 2min
Vitória
Publicado em 15/12/2021 às 18h45

O governo do Estado e as empresas responsáveis pelo Sistema Transcol já estão discutindo a possibilidade de um reajuste no valor das passagens no início do próximo ano. A informação foi divulgada pelo governador Renato Casagrande durante entrevista à CBN Vitória na manhã desta quarta-feira (15).

“Já tem a proposta técnica feita. No início do ano, a Secretaria de Mobilidade [Urbana e Infraestrutura, Semobi] e o Conselho Tarifário é que anunciam”.

Protesto dos cobradores de ônibus do Sistema Transcol - Eles saíram da Praça de Jucutuquara e seguiram até o Palácio Anchieta, em Vitória
Informação sobre reajuste no preço das passagens deve ser divulgada em janeiro. Crédito: Fernando Madeira

O último reajuste ocorreu no início de janeiro de 2021, quanto o preço da passagem passou de R$ 3,90 a R$ 4,00, com aumento de 2,56%.

Questionado sobre o novo percentual de aumento, Casagrande destacou que qualquer reajuste deve ficar dentro ou abaixo da faixa de inflação.

Índice de Preços ao Consumidor (IPCA), indicador oficial da inflação no país, já chega aos dois dígitos, tanto a nível Brasil quanto estadual. No ano, considerando os 11 meses de 2021, a variação foi de 10,69% na Grande Vitória. Já no acumulado em 12 meses, atingiu a marca de 12,26% em 12 meses, a segunda maior alta no país, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no último dia (10).

Os preços dos combustíveis estão entre as maiores altas, e contribuem para o aumento de custos para as empresas, que já acumulam prejuízos por conta da queda de usuários nos períodos mais críticos da pandemia do novo coronavírus.

Também está sendo discutido o reajuste do pedágio da Terceira Ponte. Entretanto, segundo Casagrande, ainda não há detalhes. "Todo ano tem alguma correção, tá (sic) certo. Então deverá ter alguma coisa sim, mas a agência ainda não me informou [sobre o novo valor]."

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.