ASSINE

Vídeo: frota do Transcol vai ter ônibus elétricos a partir de 2022

Novidade foi anunciada pelo governador Renato Casagrande (PSB) durante a XII Feira e Fórum de Energia (Fenergia), que ocorre em Vitória

Tempo de leitura: 2min
Vitória
Publicado em 24/11/2021 às 12h01
Modelo de ônibus elétrico exposto no Fenergia. Crédito: Divulgação
Modelo de ônibus elétrico exposto no Fenergia. Crédito: Divulgação

Sistema Transcol contará com quatro ônibus totalmente elétricos a partir de 2022. Os veículos estão previstos para começarem a circular já no primeiro semestre. A novidade foi anunciada pelo governador Renato Casagrande (PSB) na manhã desta quarta-feira (24), na XII Feira e Fórum de Energia (Fenergia), que ocorre no Centro de Convenções de Vitória.

Informações preliminares divulgadas no evento dão conta que os quatro ônibus vão circular de terminal a terminal. O nome das regiões contempladas, no entanto, ainda não foi divulgado pelo governo capixaba. O objetivo é testar o desempenho dos veículos e analisar as possibilidades para fazer a transição dos atuais ônibus a diesel para os elétricos.

Modelo de ônibus elétrico exposto em evento no ES

MAIS SILENCIOSOS

Em conversa com a reportagem de A Gazeta na manhã desta quarta-feira (24), Luciano Resner, diretor de operações da empresa que fabrica esse tipo de ônibus, a Marcopolo, explicou que os ônibus elétricos podem ser completamente recarregados em até duas horas. A carga possibilita que o coletivo rode com autonomia de até 250 quilômetros. Resner ainda evidencia que, por ser elétrico, a viagem do passageiro acaba se tornando mais confortável. 

"É benefício para o passageiro, pois a viagem fica mais silenciosa com esses ônibus que são mais baratos e eficientes, são totalmente elétricos. Como são elétricos, não tem aquela vibração do motor a diesel. É melhor até para o motorista, porque o motor elétrico não esquenta tanto como o diesel, que fica perto de onde o condutor fica", evidencia.

Já o gerente de mobilidade da Marcopolo, Renato Florence, salienta que como o motor elétrico é central e fica abaixo do assoalho, o ônibus acaba tendo capacidade para receber mais pessoas.

"A arquitetura do coletivo com esse motor central e abaixo do assoalho permite que caibam 93 passageiros, mais do que outros ônibus", evidencia.

2 HORAS

PARA SER TOTALMENTE RECARREGADO

250 KM

DE AUTONOMIA

93 PASSAGEIROS

É A CAPACIDADE DE CADA ÔNIBUS

ÔNIBUS PODEM SER FABRICADOS NO ES

Os atuais protótipos são fabricados em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul. Segundo Resner, a expectativa é que, no futuro, os ônibus também venham a ser industrializados na planta da Marcopolo em São Mateus, no Norte do Espírito Santo. "São Mateus possui  o porto, entre outras facilidades, queremos fabricar esses ônibus na nossa planta no Estado", frisa.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.