Enfermeira recebe vacina da Oxford em Vila Velha: "Mais segura agora"

Ana Cláudia Souza, enfermeira há 23 anos, foi uma das primeiras vacinadas do município. Ela atua na Unidade Básica de Saúde de Araçás

Vitória
Publicado em 26/01/2021 às 17h32
Vila Velha aplica primeira dose da vacina da Oxford/AstraZeneca em enfermeira de Unidade de Saúde
Vila Velha aplica primeira dose da vacina da Oxford/AstraZeneca em enfermeira de Unidade de Saúde. Crédito: Fernando Madeira

Vila Velha deu início à imunização dos profissionais de saúde do município com as doses da vacina contra a Covid-19 produzida pela Oxford/AstraZeneca nesta terça-feira (26). A cidade recebeu 6.180 doses do imunizante e começou a aplicação de forma simultânea em quatro unidades de saúde básica.

As quatro unidades selecionadas foram: Ponta da Fruta, Coqueiral de Itaparica, Araçás e Jaburuna. Uma das primeiras vacinadas com a dose da Oxford foi a enfermeira da unidade de Araçás, Ana Cláudia Souza, que afirmou que agora se sente mais segura.

"Hoje (26), após ser vacinada, eu me sinto mais segura, mais confiante em estar na linha de frente para dar assistência aos pacientes sintomáticos respiratórios que chegam até a unidade. Me sinto mais segura em estar prestando serviços para toda a comunidade que atuo, me sinto muito feliz por isso e importante nesse processo", comemorou Ana Cláudia, que atua como enfermeira há 23 anos. 

Vila Velha aplica primeira dose da vacina da Oxford/AstraZeneca em enfermeira de Unidade de Saúde
Vila Velha aplica primeira dose da vacina da Oxford/AstraZeneca em enfermeira de Unidade de Saúde. Crédito: Fernando Madeira

A prefeitura de Vila Velha informou que a previsão é de que, até a sexta-feira (29), 1.623 profissionais da saúde sejam vacinados no município. São funcionários de Hospitais e Prontos Atendimentos, além dos trabalhadores de laboratórios e maternidades que atuam diretamente no atendimento ao público suspeito de Covid-19.

As 35,5 mil doses da Oxford/AstraZeneca enviadas ao Espírito Santo serão destinadas apenas àqueles que atuam na linha de frente do combate ao coronavírus em todo o Estado e, no total, a Secretaria do Estado de Saúde (Sesa) estima que 33.858 profissionais da saúde sejam imunizados com este lote da vacina.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.