ASSINE

Em Vitória, aulas presenciais dos ensinos fundamental e médio estão liberadas

Escolas estaduais e particulares localizadas na Capital, e escolas municipais retomam as atividades presenciais em todas as etapas de ensino a partir da próxima semana

Alunos da Escola São Domingos, em Bento Ferreira
Alunos da Escola São Domingos, em Bento Ferreira . Crédito: Fernando Madeira

A nova classificação dos municípios capixabas quanto a transmissão do coronavírus colocou Vitória no risco moderado, o que provocou alterações na área da educação. Agora, os alunos que cursam o ensino fundamental II,  Ensino Médio e Ensino Superior também poderão ter aulas presenciais desde que cumpridos os protocolos sanitários. 

prefeitura já havia liberado alunos do ensino infantil e também o fundamental I  a terem aulas presenciais a partir de segunda-feira (10). Quando se antecipou até mesmo ao Mapa de Risco do governo estadual para realizar o anúncio.

Na próxima semana, a Capital será a única cidade da Grande Vitória que sairá do risco alto para o risco moderado, conforme o Mapa de Risco do Estado divulgado nesta sexta-feira (14).

MUNICIPAL, ESTADUAL E PARTICULAR

Sobre as escolas da rede municipal de ensino,  a Secretaria de Educação de Vitória anunciou que as atividades presenciais e as aulas foram montadas respeitando o distanciamento de 1,5 metro entre cada aluno e professor, além do uso de máscara ser obrigatório.

No dia 17 de maio, segunda-feira, poderão ir para as aulas todas as crianças  da educação infantil, sem revezamento de alunos. Também estarão abertas as escolas municipais para os estudantes do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental I e da Educação de Jovens e Adultos, com revezamento de grupos se for necessário. 

Já no dia 24 de maio, será a vez dos estudantes  que cursam do 6º ao 9º ano, o Ensino Fundamental II, voltarem para as salas de aula presencialmente com revezamento. 

Além da rede municipal de ensino, os colégios particulares também retomam às atividades nas suas unidades, conforme informou o Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Espírito Santo (Sinepe-ES).  

Sobre as aulas dos colégios da rede estadual que estão localizadas em Vitória, a Secretaria Estadual de Educação (Sedu) afirmou que, conforme as regras para o risco moderado, também retomará às atividades presenciais na próxima semana, porém, respeitando o sistema híbrido (aulas remotas e presenciais) no caso de turmas com muitos estudantes. 

RISCO MODERADO

A redução da ocupação de leitos de UTI tem caído, a taxa de transmissão do vírus, o RT, está abaixo de um e também a queda do número de pessoas testando positivo para a Covid-19 mostra que há uma desaceleração da doença no Estado. Assim, o Mapa de Risco divulgado nesta sexta-feira (14) apresentou 32 cidades em risco moderado. 

"A educação é o que mais muda no risco moderado, pois as aulas presenciais passam a ser uma opção para os estudantes de todos os níveis de ensinos. Quem não quiser ir à escola, deve ter a aula remota. O quantitativo de alunos também deve ser considerado para que haja revezamento se for necessário", explicou o governador Renato Casagrande.

Um novo cenário da pandemia no Estado levou o governo a mudar duas regras sobre o Mapa de Risco. Uma delas é de que a cidade classificada em risco alto não será mantida por 14 dias nessa classificação se apresentar números favoráveis na semana seguinte, podendo mudar a classificação.  Outra alteração no que consiste a forma de definir o mapa é a extensão a todos os municípios da Grande Vitória ficassem no mesma classificação de risco. Agora, cada um será avaliado individualmente. 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.