ASSINE

Covid no ES: governo volta a contratar leitos de UTI em hospitais particulares

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) publicou um edital de chamamento público para realizar a contratação de hospitais privados para disponibilizar os leitos para pacientes adultos do Sistema Único de Saúde (SUS)

Vitória
Publicado em 13/11/2020 às 14h44
Novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com respirador no Hospital Jayme Santos Neves, na Serra.
Leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com respirador no Hospital Jayme Santos Neves, na Serra. . Crédito: Reprodução/TV

Com um aumento de pressão na rede hospitalar, devido ao aumento de pacientes internados com coronavírus, o governo do Espírito Santo vai voltar a contratar leitos de UTI e de enfermaria em hospitais particulares e filantrópicos.

Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) publicou um edital de chamamento público para realizar a contratação de hospitais privados para disponibilizar os leitos para pacientes adultos do Sistema Único de Saúde (SUS) que estão com suspeita de coronavírus ou que já tiveram a confirmação da doença.

O edital foi publicado nesta sexta-feira (13), mas sem divulgar a quantidade de vagas que serão compradas. Questionada sobre o número de leitos, a Sesa não respondeu até a publicação da matéria

A vigência do contrato será de 90 dias, mas pode ser prorrogado caso haja necessidade de leitos em função da evolução da pandemia.

LEITOS E OCUPAÇÃO

Nesta semana, o secretário de Estado da Saúde em exercício, Luiz Carlos Reblin, disse que o aumento no número de pacientes internados com coronavírus é preocupante. Devido a esse crescimento, a Sesa começou a reverter leitos, que estavam sendo usados para outras doenças, para tratar pacientes com coronavírus.

O Estado chegou a ter 715 leitos de UTI exclusivos para a Covid, mas com a estabilização da doença, boa parte dessas vagas passou a ser usada para outras comorbidades. Com o crescimento de casos internações, alguns desses leitos voltaram a ser usados por pacientes com coronavírus.

Há três dias, o Espírito Santo tinha 395 leitos de UTI para Covid. Nesta sexta-feira (13), com a reversão desses leitos, o Estado já conta com 406 vagas em UTIs para coronavírus. Desses 406 leitos, 79,31% estão ocupados.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.