ASSINE

Covid-19: com 89 mortes em 24h, ES bate mais um recorde

O novo número foi divulgado no painel Covid-19, da Sesa, nesta segunda-feira (29). Sobre o assunto, o governador Renato Casagrande demonstrou pesar e fez um apelo nas redes sociais para respeito às medidas de segurança

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 29/03/2021 às 19h17
Uso de máscara e álcool gel: carta de economistas incentiva que governo intensifique o estímulo à adoção de medidas preventivas contra a Covid-19
Espírito Santo registra novo recorde de mortes em decorrência da Covid-19. Crédito: Prostooleh/Freepik

O Espírito Santo registrou mais um recorde nesta segunda-feira (29): 89 mortes em 24 horas, em razão da Covid-19. O número vem após a última maior marca registrada no Estado na terça-feira (23), quando 72 vidas foram perdidas em um dia, em decorrência do novo coronavírus. Antes dos registros deste mês, o maior número de óbitos tinha sido contabilizado no dia 22 de junho do ano passado, com 59 óbitos. 

O novo recorde foi divulgado no Painel Covid-19, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), nesta segunda-feira (29). Sobre o assunto, o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, demonstrou pesar e fez um apelo nas redes sociais para respeito às medidas de segurança.

Em coletiva de imprensa realizada nesta tarde, o secretário de Estado da Saúde Nésio Fernandes pontuou que o Espírito Santo mantém a aceleração da curva de casos. "Alcançamos no dia 22 de março um novo recorde com 2.848 casos, superior ao anterior de 28 de dezembro, com 2.757 casos. Esperamos que ao longo desta e da próxima semana, o Estado alcance um pico e passe a observar uma estabilização durante, pelo menos, três semanas e entre na fase de recuperação", revelou Nésio.

Por volta das 17h, o Painel Covid-19 foi atualizado pela Sesa, com 1.865 novos casos confirmados e as 89 mortes em 24 horas, anunciadas anteriormente. Com a atualização, o Estado chegou a mais de 376 mil diagnósticos positivos e ao patamar de 7.367 mortos na pandemia.

Diante dos números, em especial no tocante à ocupação dos leitos de UTI, Nésio Fernandes antecipou que este dado deve se manter acima de 90% ao longo do mês de abril. "Devemos continuar acima de 90%. Na próxima semana, o Estado será gerido pelo mapa de risco e estando acima de 90% teremos de 20 a 24 municípios no risco alto, no início da próxima semana. Mais cerca de 50 no risco moderado, conforme simulação realizada nesta manhã", adiantou Nésio.

RECORDE DE INTERNADOS

O Espírito Santo bateu, mais uma vez, recorde de pessoas internadas devido ao novo coronavírus. Nesta segunda-feira (29), a rede pública hospitalar registrou 1.531 pacientes internados – o maior número de toda a pandemia e o segundo dia consecutivo em que o nível se mantém acima dos 1.500.

Nesta data, o Estado também registrou recorde de indivíduos assistidos em enfermarias: são 713 leitos ocupados. É a primeira vez que o patamar de 700 é ultrapassado desde março do ano passado. Os dados são do Painel de Ocupação de Leitos Hospitalares, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Em relação aos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), o Espírito Santo registrou 818 pacientes internados nesta segunda-feira (29) – três a menos que no último domingo (28), data do atual recorde do Estado. No entanto, vale destacar que este é o terceiro dia consecutivo que o número se mantém acima de 800.

Apesar da pequena oscilação, que faz parte da rotina de internações no sistema de saúde, a taxa de ocupação das UTIs está em 94,35%. Ou seja, continua acima do nível considerado crítico pelo governo do Estado e que serviu de base para a adoção da quarentena há cerca de dez dias.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Renato Casagrande Governo do ES SESA Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 nesio fernandes Pandemia Quarentena no es

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.