Coronavírus no ES: veja número de profissionais da educação infectados

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), 21.502 profissionais fizeram testes sorológicos. Confira o número de infectados por cidade

Publicado em 28/12/2020 às 18h50
Atualizado em 28/12/2020 às 18h52
Volta às aulas nas escolas de nível fundamental - Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Major Alfredo Pedro Rabaioli, no bairro Mário Cypreste, em Vitória
Volta às aulas nas escolas de nível fundamental. Crédito: Fernando Madeira

Os dados do Censo Sorológico Escolar que mostra a quantidade de profissionais - docentes e trabalhadores da educação da rede estadual que tiveram Covid-19 foram apresentados nesta segunda-feira (28). As amostras foram coletadas entre outubro e dezembro deste ano.

Já  Inquérito Sorológico Escolar revelou que 60% dos estudantes que foram contaminados com a Covid-19 no Espírito Santo estavam assintomáticos.  Neste público, os três sintomas mais comuns foram cefaleia, congestão nasal e tosse.

O gerente de Vigilância da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), Orlei Cardoso, e a médica infectologista Cristiana Costa Gomes, informaram que 21.502 profissionais fizeram testes sorológicos pelo método de quimioluminescência,  que identifica anticorpos IgG, capaz de apontar se a pessoa já teve contato com o vírus. Os exames foram processados pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Espírito Santo (Lacen/ES).

Orlei Cardoso

Gerente de Vigilância da Sesa

"Além de identificar a quantidade de professores e demais trabalhadores da educação da rede Estadual que tiveram contato com o novo Coronavírus, [o Censo] também auxilia com informações, com dados científicos para elaborar protocolos sanitários, a fim de subsidiar o controle da pandemia"

O estudo apontou uma prevalência dos trabalhadores da educação infectados pela Covid-19 de 6,47%, sendo por regionais de saúde: 6,81% na Regional Metropolitana; 5,60%, na Regional Central; 5,49%, na Regional Norte; e 5,31%, na Regional Sul.

REGIONAL VITÓRIA

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) dividiu a apresentação das informações a partir dos municípios de cada Superintendência Regional de Saúde (SRS). A SRS de Vitória envolve 18 cidades capixabas. Na região, a maior prevalência foi identificada em Ibatiba, Região Sul do Estado, com 13,33% Neste caso foram coletadas 60 amostras e oito deram resultados positivos.

REGIONAL CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM

Na Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Cachoeiro de Itapemirim, Piúma teve a maior prevalência da doença, 13,04%. De um total de 46 amostras de sangue analisadas, seis casos de infecção foram confirmados.

REGIONAL COLATINA

Já na Superintendência Regional de Saúde Colatina, proporcionalmente a doença estava mais presente em São Roque do Canaã. De um total de 72 amostras, 10 apresentaram resultados positivos para infecção de Covid-19. Neste caso, a prevalência foi de 13, 89%.

REGIONAL SÃO MATEUS

Na Superintendência Regional de Saúde (SRS) São Mateus, o município de Pinheiros foi o que teve maior prevalência de Covid-19, sendo 9,52%. O Censo Sorológico indicou que um total de 105 amostras coletadas, 10 foram identificadas como positivas para infecção de coronavírus.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.