ASSINE

Coronavírus no ES: cidades pequenas registram grande número de casos

Pequenos municípios do Sul do Espírito Santo se destacam no número elevado de casos positivos de coronavírus na região. Alfredo Chaves lidera com 16 até esta sexta-feira (24)

Publicado em 24/04/2020 às 19h55
Atualizado em 24/04/2020 às 19h58
Barreira sanitária em Alfredo Chaves
Barreira sanitária em Alfredo Chaves. Crédito: Rafael Cassilhas

Os casos confirmados no novo coronavírus chegaram a 89 nesta sexta-feira (24) na Região Sul do Estado, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Mas, o que chama atenção é o número de pessoas contaminadas pela doença nas cidades com número baixo de habitantes.

Um exemplo é o município serrano de Alfredo Chaves, que possui pouco mais de 14 mil habitantes e tem 16 pessoas com Covid-19. Para o prefeito do município de Alfredo Chaves, Fernando Videira Lafayette, o número de casos está relacionado ao desrespeito da população ao isolamento social.

Fernando Videira Lafayette

Prefeito de Alfredo Chaves

"O povo é teimoso e tem levado o caso na brincadeira. Parte da população não respeita as medidas de prevenção. O conselho é que se fique em casa. Amanhã faremos nova reunião para decidir o que vamos fazer"

A cidade, que é considerada como área de alto risco para contaminação do novo coronavírus, está recebendo um reforço com equipes do Exército, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, além de outros órgãos estaduais e equipes de Vigilâncias em Saúde nas barreiras sanitárias, nas entradas da cidade na altura das BRs 101 e 262.

REGIÃO SERRANA

Em segundo lugar no ranking sulino, aparece Venda Nova do Imigrante. Os casos confirmados de Covid-19 subiram para 10 nesta sexta-feira (24). Desses casos, sete já estão curados, segundo a prefeitura. Com seus 25 mil habitantes, a prefeitura disse que as pessoas estão conscientes e, em geral respeitando as restrições e isolamento social. Na terça-feira (28), a prefeitura começa a fazer barreira sanitária na cidade.

“O município já esperava que tivesse alguns casos. Infelizmente apareceram em número significativo e em uma velocidade maior, o que é compreensível já que a cidade é cortada pela BR 262, tem um trânsito de pessoas de outras localidades e nossa população usa serviços da Grande Vitória e Cachoeiro, onde tem número de casos importantes”, explicou a Coordenadora da Vigilância em Saúde, Camila Mauro Zandonadi.

EXTREMO SUL

No Extremo Sul do Estado, o município de Bom Jesus do Norte contabiliza oito casos confirmados. A pequena cidade tem 10.254 moradores e, segundo a prefeitura, a divisa com o Estado do Rio de Janeiro pode influenciar no aumento de casos. O fluxo de trabalhadores entre os dois municípios e a ligação das duas cidades (Bom Jesus do Itabapoana) é grande.

Procurado pela reportagem, o município garante que o número é preocupante e que tem feito campanhas de conscientização, intensificado a fiscalização e está em funcionamento um centro de atendimento e monitoramento da COVID-19 no Centro.

CAPARAÓ

No Caparaó capixaba, Guaçuí lidera os casos confirmados da doença. A cidade, que tem 30,8 mil pessoas chegou a sete casos positivos de Covid-19. Para a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), o aumento de casos está relacionado com a posição que o município ocupa, de referência regional, para o comércio, serviços de saúde, além do turismo, o que resulta numa grande circulação de visitantes.

Este vídeo pode te interessar

“O trabalho continua sendo realizado para que esses números permaneçam como estão. O município tomou várias medidas, como o isolamento e distanciamento social, que foram intensificadas com a confirmação dos casos. Está sendo exigido mais da população, com a obrigatoriedade do uso de máscaras, porque ainda existem pessoas que insistem em circular e aglomerar nas ruas, o que aconteceu ainda mais com o início do cadastramento e pagamento do Auxílio Emergencial do Governo Federal. Se for necessário, a administração pretende tomar medidas ainda mais rígidas para que as pessoas se protejam”, disse o município por meio de nota.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.