ASSINE

Cachorro atropelado em São Mateus está na UTI e polícia investiga o caso

ONG divulgou vídeo e afirma que atropelamento foi proposital. De acordo com tutor, o animal está está reagindo bem ao tratamento; Vídeo mostra Toddy se alimentando sozinho

Linhares / Rede Gazeta
Publicado em 01/12/2020 às 16h25
Câmera de segurança flagrou o momento exato
O cachorro Toddy foi atropelado em São Mateus. Crédito: Clínica PetNort

O cachorro atropelado pelo carro de uma empresa na cidade de São Mateus, no Norte do Estado, continua internado em estado grave na Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) de uma clínica veterinária da cidade, mas já começa a apresentar sinais de melhora. O caso, que aconteceu na última quinta-feira (26), foi divulgado por uma Organização Não Governamental (ONG) e teve muita repercussão nas redes sociais. A ONG afirma que o atropelamento foi proposital. A Polícia Civil informou que o caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada de Infrações Penais e Outras (DIPO) de São Mateus. 

O professor Rodrigo do Nascimento Amorim é tutor do cachorro batizado como Toddy e falou sobre o estado de saúde do animal. “Ele ainda está na UTI, foi feito o exame de raio x no sábado (28), em Colatina. Ele precisou ser transferido para á para realizar o exame, mas já está de volta. Toddy está estável agora. Domingo (29) e hoje (30) fomos visitá-lo. Ele está melhorando, graças a Deus não teve fratura. Está com a escápula fora do lugar, mas sendo tratado. Talvez, mas pouco provável, ele possa fazer uma cirurgia para cuidar desse problema. Ele tem inchaços também, mas está sendo medicado, inclusive com morfina, por conta das dores”, explicou.

Apesar da situação delicada, Rodrigo explicou que o cachorro tem apresentado melhoras. “Nos primeiros dias nós ficamos muito preocupados, mas agora estamos mais tranquilos. Estou fazendo visitas todos os dias e ele está melhorando”, disse.

Segundo a médica veterinária Sabrina Castiglioni, o animal de fato não apresenta fratura. "Ele teve luxação de costela, lesão muscular e contusão pulmonar. Permanece na UTI, mas o quadro é estável e já começou a se alimentar sozinho", comemorou.

INVESTIGAÇÃO POLICIAL

O tutor do cachorro registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil, por entender que o atropelamento pode ter acontecido de forma proposital. Segundo Rodrigo, a empresa responsável pelo carro envolvido no acidente se comprometeu a pagar todos os custos médicos para o tratamento do cachorro e disse que o funcionário foi afastado.

A Polícia Civil informou que o caso seguirá sob investigação da Delegacia Especializada de Infrações Penais e Outras (DIPO) de São Mateus. "Outras informações não serão repassadas para que a apuração dos fatos seja preservada", disse na nota enviada.

O CASO

Um vídeo que circulou nas redes sociais mostra o momento em que um veículo branco com a logomarca da Coca Cola atropela um cachorro no bairro Santo Antônio, em São Mateus, município da região Nordeste do Estado, na quinta-feira (26). A Organização Não Governamental (ONG) que divulgou o vídeo na última sexta-feira (27), a Voluntários Independentes Pelo Amigo (Vipa), afirma que o o animal está internado em estado grave, e pede "justiça aplicada ao responsável por essa crueldade".

Segundo a ONG Voluntários Independentes Pelo Amigo (Vipa), o tutor do animal inicialmente achou que o cachorro estava passando mal, pois ele teria chegado em casa se arrastando. "Observando que ele não reagia, eles foram procurar nas câmeras e viram que foi um ato criminoso. Recebemos o pedido de ajuda do Rodrigo para identificar o condutor do veículo usado para atropelar o Toddy propositalmente, e pedimos que ele levasse o cão imediatamente para a clínica. O cachorro já tem 14 anos", contou a voluntária Fernanda Baldacini Tiengo.

A Gazeta integra o

Saiba mais
São Mateus acidente atropelamento crime são mateus ES Norte Pets

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.