ASSINE

Bombeiros homenageiam porteiro por ato heroico na Praia da Costa

Therlândio Alves salvou um idoso durante incêndio em prédio residencial na quarta-feira (26); certificado da Corporação foi entregue nesta tarde (27)

Publicado em 27/08/2020 às 20h53

Ele já tinha sido chamado de herói por moradores do prédio onde trabalha, mas, na tarde desta quinta-feira (27), o porteiro Therlândio Alves recebeu uma homenagem do Corpo de Bombeiros pelo ato heroico que praticou na quarta (26), quando salvou um idoso de um apartamento que pegava fogo na Praia da Costa.

A entrega do certificado aconteceu no quartel do comando geral da Corporação, que fica na Enseada do Suá, em Vitória. O texto do documento resume a atitude do mais novo herói capixaba: foi além das funções da própria profissão e teve uma brilhante atuação, salvado uma vida, por meio das técnicas de abafamento.

Tenente-coronel Amaral

Corpo de Bombeiros

"Uma homenagem mais que justa ao porteiro Therlândio, que fez um salvamento em Vila Velha, de um senhor de 80 anos, que estava com o corpo pegando fogo. Um ato que demonstra, não só técnica, mas um altruísmo acima do normal"
Além do certificado de honra ao mérito, porteiro recebeu um boné dos bombeiros
Além do certificado de honra ao mérito, porteiro recebeu um boné e uma camiseta dos bombeiros. Crédito: Divulgação | Corpo de Bombeiros

Acompanhado da esposa Bruna Roberta e da filha Beatriz Herbest, ele mantinha a posição humilde. “Ele acha que é uma questão que Deus colocou na vida dele, como uma missão, mas não se vê como um herói”, comentou o Tenente-coronel Amaral, que entregou o certificado de honra ao mérito.

No dia do incêndio, ainda emocionado, Therlândio contou que descobriu que o fogo estava na cobertura e arrombou a porta para salvar o morador. “Fui uma ferramenta para auxiliar na hora. Não passou nada na minha cabeça, só pensava em ajudar. Com certeza faria de novo”, contou.

O INCÊNDIO: 5 VÍTIMAS

Registrado por volta das 14h55 de quarta-feira (26), o incêndio terminou com cinco vítimas. A mais grave delas foi o idoso que estava no apartamento que pegou fogo. Ele teve o peito, o pescoço e as pernas queimadas e foi levado de ambulância para um hospital particular de Vila Velha. O atual estado de saúde dele é desconhecido.

Dois moradores também foram levados para uma unidade básica de saúde da região. Já um quarto morador e o porteiro Therlândio, apesar de precisarem de atendimento médico devido à grande inalação de fumaça, foram liberados ainda no local por profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.