ASSINE

Começa a campanha nacional de vacinação contra febre aftosa

No Espírito Santo, a imunização ocorrerá para bovinos e bubalinos com até 24 meses de idade. Ao todo, espera-se imunizar cerca de 170 milhões de animais no país

Publicado em 01/05/2021 às 14h50
Rebanhos de bovinos e bubalinos devem ser vacinados contra a febre aftosa
Rebanhos bovinos e bubalinos devem ser vacinados contra a febre aftosa. Crédito: Wnderson Araujo/CNA/Trilux

Começa neste sábado (1º) a primeira etapa da campanha nacional de vacinação contra a febre aftosa 2021. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), nessa primeira fase, deverão ser vacinados bovinos e bubalinos, de todas as idades, em 21 estados. O calendário de vacinação completo para todos os entes da federação pode ser consultado aqui.

Amazonas e em Mato Grosso participam apenas com os municípios que ainda não suspenderam a vacinação. No Espírito Santo a imunização ocorrerá para bovinos e bubalinos com até 24 meses de idade. Ao todo, espera-se imunizar cerca de 170 milhões de animais. 

“As vacinas devem ser adquiridas nas revendas autorizadas e mantidas entre 2°C e 8°C, desde a aquisição até o momento da utilização – incluindo o transporte e a aplicação, já na fazenda. Devem ser usadas agulhas novas para aplicação da dose de 2 ml na tábua do pescoço de cada animal, preferindo as horas mais frescas do dia, para fazer a contenção adequada dos animais e a aplicação da vacina”, destacou o ministério, em nota.

O ministério ressalta ainda que o produtor deve declarar a vacinação ao órgão de defesa sanitária animal estadual. A declaração de vacinação deve ser realizada de forma online ou, quando não for possível, presencialmente nos postos designados pelo serviço veterinário.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.