ASSINE

Turistas aprovam réveillon no ES, mas apontam falta de banheiros e shows

96,3% deles afirmaram que recomendaria a experiência a amigos ou familiares. Pesquisa foi feita em Vitória, Vila Velha e Guarapari

Publicado em 10/01/2020 às 18h16
Atualizado em 11/01/2020 às 15h51
Fogos no ano-novo 2019/2020 na Praia de Camburi em Vitória. Crédito: Vitor Jubini
Fogos no ano-novo 2019/2020 na Praia de Camburi em Vitória. Crédito: Vitor Jubini

Os turistas que estiveram em Vitória, Guarapari e Vila Velha durante o réveillon deste ano ficaram satisfeitos com a festa. Segundo pesquisa encomendada pela Secretaria de Estado do Turismo, a queima de fogos de artifício foi avaliada como boa ou ótima por 90,2% dos entrevistados e 96,3% deles afirmou que recomendaria a experiência a amigos ou familiares. Dentre os pontos que poderiam ser melhorados, os turistas apontaram a falta de banheiros públicos e mais atrações nas praias. 

A pesquisa foi feita com 600 turistas, divididos nas três cidades. Segundo o levantamento, quase metade (47,9%) veio de Minas Gerais para passar a virada de ano em solo capixaba. E eles vieram em grupo: em média, cada entrevistado estava acompanhado de outras quatro pessoas.

A avaliação foi considerada muito positiva pelo secretário estadual de Turismo, Dorval Uliana. "Mostra que os turistas estão dizendo que vale a pena vir passar o réveillon aqui. É importante não só que eles voltem, mas que convidem outras pessoas", diz. Ele afirma que as festas de fim de ano nessas cidades não tiveram uma sobrecarga de turistas, tumulto exagerado ou reclamações quanto à segurança pública.

A pesquisa aponta, inclusive, que 76% dos entrevistados avaliou como ótima ou boa a segurança pública nas três cidades. A limpeza também teve avaliação positiva.

Quanto aos pontos que deixaram a desejar, o secretário afirmou que são de competência dos municípios. "Sobre os banheiros, fica a recomendação para que seja suprido esse serviço, que é uma necessidade básica. É algo que consideramos importante e que contribui para a limpeza do local", afirma.

Já sobre as atrações, outro ponto de crítica, Uliana afirma que já houve no Estado, no passado, festas de réveillon com grandes shows. No entanto, ele avalia que esses eventos acabam atraindo um público muito grande, o que não corresponde mais a característica atual da festa. "Hoje temos uma composição mais familiar e é importante consolidar essa imagem", diz. 

OUTRO LADO

A prefeitura de Vitória informou que disponibilizou durante o réveillon 200 banheiros para a população. O número, segundo o diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento, Inovação e Turismo de Vitória (CDV), Leonardo Krohling, atendeu bem ao  público presente. Sobre os shows, ele afirma que a festa da virada na Capital contou com oito apresentações culturais. Ele salientou que a opção por atrações de menor porte é uma estratégia da prefeitura para garantir organização e segurança durante o evento, que é mais destinado às famílias.

Já a prefeitura de Guarapari informou por meio de nota que a Praia do Morro contou com 18 banheiros durante o réveillon. O município afirmou ainda que, com a conclusão da reforma da orla, prevista para fevereiro, o local passará a contar com  42 unidades sanitárias. Guarapari teve duas atrações na virada de ano, sendo uma regional e outra nacional.

A prefeitura de Vila velha foi demandada, mas ainda não se manifestou.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.