ASSINE

Pontos turísticos do Espírito Santo reabrem com regras em meio à pandemia

Convento da Penha, zoológico de Marechal Floriano e parques da Grande Vitória voltam a funcionar com uso obrigatório de máscara e distanciamento

Publicado em 04/09/2020 às 12h15
Imagens de drone do Convento da Penha
Imagens de drone do Convento da Penha. Crédito: Rede Gazeta

Depois de meses fechados pela pandemia do coronavírus, pontos turísticos e religiosos do Espírito Santo começam a reabrir após a divulgação da nova matriz de risco. Os espaços abrem as portas para receber visitantes, mas com uma série de regras a serem cumpridas, como a fiscalização do distanciamento social e o uso de máscaras e disponibilidade de álcool em gel.

Vale lembrar que museus, centros culturais e bibliotecas também receberam autorização para voltar à operação gradual neste mês de setembro, como já revelou reportagem do Divirta-se

A preferência das prefeituras da Grande Vitória ainda tem sido por liberar parques e outros ambientes arejados, que comprovadamente diminuem o risco de contaminação do vírus. No entanto, alguns outros aparelhos culturais também passam a receber visitantes com regras e restrições sanitárias, como é o caso do Galpão das Paneleiras, em Vitória, que funciona por enquanto de segunda a sexta das 10h às 17h.

Por toda a região Metropolitana praticamente todos os parques que estavam fechados já voltaram a funcionar para a população e, agora, pastas de Saúde e Cultura dos executivos municipais estudam a logística de abrir as portas de locais fechados com restrição de público. A Gazeta reuniu os principais pontos turísticos da Grande Vitória e listou os que estão funcionando por cidade. Confira!

VITÓRIA

A Prefeitura de Vitória (PMV) esclarece que os pontos turísticos da Capital estão liberados para funcionar de segunda a sexta. Além disso, garante que implantou sistemas de higienização e protocolos sanitários que precisam ser seguidos pelos visitantes. Ainda assim, os museus municipais, Casa Porto das Artes Plásticas, Museu Capixaba do Negro (Mucane) e Museu Histórico da Ilha das Caieiras (Museu do Pescador), estão fechados e só vão reabrir quando houver ampla segurança.

Estão funcionando, atualmente, o Galpão das Paneleiras (segunda a sexta, das 10h às 17h); Espaço Baleia Jubarte (de terça a sexta, das 12h às 16h); o Projeto Tamar (de terça a sexta, das 12h às 16h); e parques urbanos e naturais da cidade (de segunda a sexta, das 6h às 16h).

Paneleiras de Goiabeiras
Paneleira de Goiabeiras. Crédito: Ricardo Medeiros

VILA VELHA

A Prefeitura de Vila Velha (PMVV) diz que segue as autorizações que são dadas pelo governo do Estado e completa que não reabriu e não há data para reabrir locais de difícil controle de público e fechados, como Igreja do Rosário e Farol Santa Luzia. O Executivo municipal também destaca que os locais que estão abertos, como parques, possuem regras de utilização que prevê, por exemplo, distanciamento e uso de máscara.

De acordo com a PMVV, só está funcionando na cidade, no momento, o Parque Urbano de Cocal (de domingo a domingo, das 8h às 18h).

Imagens de drone do Convento da Penha
Imagens de drone do Convento da Penha. Crédito: Rede Gazeta

O Convento da Penha também teve visitação liberada de segunda a quinta das 8h às 12h, e de sexta a domingo das 8h às 16h. Lá, a temperatura dos visitantes é aferida e o uso de máscaras e álcool em gel é obrigatório.

SERRA

Segundo a Prefeitura da Serra (PMS), todos os espaços turísticos da cidade continuam fechados e há previsão de reabertura gradual a partir de setembro, mas sem data definida. No momento, apenas o Parque da Cidade, em Laranjeiras, opera todos os dias das 6h às 22h. Ainda assim, os espaços de educação ambiental e quadra do parque estão fechados para evitar aglomeração. Dentro do local, visitantes também só podem permanecer se usarem máscaras e respeitarem o distanciamento.

O Jardim Botânico de Serra Sede também abre todos os dias, das 6h às 22h, mas o Horto Municipal, que é anexo ao local, segue fechado.

CARIACICA

De acordo com a Prefeitura de Cariacica (PMC), estão sendo incentivados a voltar a operar empreendimentos ligados ao agroturismo e turismo de lazer e aventura que acontecem em áreas abertas. Todos os protocolos sanitários que têm que ser respeitados, segundo o órgão, são os mesmos do Ministério do Turismo, que preveem distanciamento e o uso de máscaras em locais públicos.

Neste momento, funcionam na cidade a Fazenda Parque Vale do Moxuara (aos sábados, domingos e feriados nacionais, das 10h às 17h); as Corredeiras de Maricará (visitação livre e local é muito usado para cicloturismo); visitas à região de Roda D'Água (visitação livre); visitas a Cariacica Sede (visitação livre); e o Parque Municipal Linear de São Conrado (aberto 24h durante todos os dias).

MARECHAL FLORIANO

O Zoo Park da Montanha, em Marechal Floriano, voltou a funcionar de terça a domingo, das 9h às 16h. No local, o uso de máscara e distanciamento são regras obrigatórias e os ingressos continuam sendo adquiridos na bilheteria do espaço.

ESTADO

Questionada, a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) diz que planeja a reabertura de seus espaços culturais após aquisição de material e treinamento de equipe para cumprimento dos protocolos de saúde.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 Fique bem capixaba capixaba espírito santo Isolamento social

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.