ASSINE

Vila Velha 485 anos: conheça 5 símbolos gastronômicos da cidade

Camarão no coco do Atlântica, picolé da Ajellso, caranguejo do Assis, rabada do Bar do Zé e hambúrguer do Ricks são tradição na mesa dos canelas-verdes

Publicado em 22/05/2020 às 06h00
Atualizado em 22/05/2020 às 06h00

Na cidade mais antiga do Espírito Santo, as praias e os botecos são motivos de orgulho. Vila Velha, que completa 485 anos neste sábado, 23 de maio, destaca-se pela beleza e pela riqueza de seu litoral, mas também ganha fama com a boa comida de seus bares, historicamente os mais premiados no Roda de Boteco desde o início do festival, há 15 anos. Um deles é o Regina Maris, campeão em 2007 com o Acarajé no Prato, cuja receita você confere clicando aqui.

Inspirados pelos grandes expoentes da cozinha canela-verde, a praia e a boemia, reunimos cinco símbolos gastronômicos da cidade em uma lista que retrata, de alguma forma, o jeito vila-velhense de celebrar à mesa - esteja ela no bar, no restaurante à beira-mar, no shopping ou na areia da praia.

O camarão no coco do Atlântica, os picolés da Ajellso, os sanduíches do Ricks Burger, o caranguejo do Assis e a rabada do Bar do Zé são apenas algumas tradições de Vila Velha que o Estado inteiro conhece e admira. Qual é a sua favorita?

  1. A Gazeta - arhnt2xnpw
    01

    CAMARÃO CREMOSO

    O Atlântica, restaurante mais antigo em atividade de Vila Velha, completa 53 anos em dezembro. Em sua matriz, na Praia da Costa, e nas duas filiais (Itaparica e em Jardim da Penha, Vitória), uma criação é tão famosa quanto a tradicional moqueca capixaba: o camarão no coco, que já é um símbolo canela-verde. O creme, acompanhado por batata palha caseira e arroz, custa a partir de R$ 139,80 (para dois). Delivery: (27) 3329-2341, 3140-1967, 3100-2341 e iFood. FOTO: Fábio Machado

  2. A Gazeta - u2rzp1dtqg
    02

    SABORES DA BOTECAGEM

    Referência canela-verde em boa comida de boteco, o Bar do Zé foi aberto em 1981 por José Fiorani. Na cozinha comandada por sua esposa, Evelina, o carro-chefe é a rabada no feijão manteiga (R$ 38, para dois), disponível para encomenda e retirada de segunda a sábado, das 10h às 16h, no Bairro Santos Dumont. (27) 3339-0601. FOTO: José Alberto Jr.

  3. A Gazeta - jn2jkk
    03

    CARANGUEJO POPULAR

    Entre os endereços da cidade especializados em caranguejo, o Caranguejo do Assis é o mais famoso. Aberto em 2001 em Itapuã, foi transferido em 2006 para Itaparica, onde passa por reforma e apresenta novidades. Uma delas é o delivery (www.caranguejodoassis.com.br), sem taxa, com caranguejo a partir de R$ 42 (5 unidades, farofa e vinagrete). FOTO: Bruno Coelho

  4. A Gazeta - k8dg15hjb
    04

    GELADOS E FAMOSOS

    Os picolés da Ajellso tornaram-se um clássico nas praias da Grande Vitória, em especial nas de Vila Velha, onde funciona a fábrica, fundada em 1977. O nome da marca é uma combinação de iniciais dos dois sócios. Os mais de 50 sabores de picolés e 35 de sorvetes podem ser pedidos em casa pelo (27) 3339-6612 ou 3034-3434 e no aplicativo Shipp. FOTO: Edson Chagas/Arquivo

  5. A Gazeta - 3d0npxq
    05

    CASE DE SUCESSO NA GASTRONOMIA

    Desde a abertura da lanchonete em uma garagem, com extensas filas de espera, até a formação de uma rede de hamburguerias com sete lojas, passaram-se quatro anos. A trajetória do Ricks Burger, maior case recente de sucesso da gastronomia capixaba, começou em Vila Velha. A matriz, em Soteco, abre das 17h às 23h com take out. Delivery pelo app iFood. FOTO: Instagram/Ricks Burger

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.