ASSINE

9 drinques criativos para brindar nos restaurantes ou pedir em casa

Abóbora, pitaya,  jabuticaba, perfume de lavanda e redução de vinho branco estão entre os ingredientes usados por bartenders nas novas cartas da Grande Vitória

Vitória
Publicado em 20/11/2020 às 05h04
Atualizado em 20/11/2020 às 10h06

Está aberta a temporada dos bons drinques. O calorão dos últimos dias e a proximidade do verão, que chegará em um mês, convidam para brindes refrescantes nos melhores balcões da cidade ou em casa mesmo, com belos drinques engarrafados e a comodidade do delivery. 

Criatividade é palavra de ordem na coquetelaria capixaba, mais forte a cada dia e antenada com as tendências internacionais. É o que mostram as nove criações selecionadas pela reportagem.

A seguir, você vai ver que o gim segue firme nas taças, mas outro destilado ganha espaço, o rum. Além das frutas tropicais, ingredientes como abóbora, pitaya e jabuticaba entram em cena com estilo. Confira!

GARRAFAS COM PERSONALIDADE

Com a chegada da pandemia, a tendência dos drinques engarrafados, até então inédita no Estado, começou a ganhar corpo, ainda que timidamente. Mas enquanto bares, ao reabrir, abandonaram o formato e a entrega dessas bebidas, o bartender Victor Yuri lançou um delivery com garrafas cheias de personalidade.

Drinques engarrafados e criativos feito pelo bartender Yuri Victor em Vitória
Tropical Sour, Mate Punch e Guapuru: drinques engarrafados por Victor Yuri em Vitória. Crédito: Ricardo Medeiros

Victor Treze dá nome à linha de drinques engarrafados criada por Victor com a namorada, Karol Lima, que é designer e assina a identidade visual da marca. O cardápio tem cinco opções e cada garrafa é acompanhada de um manual sobre a montagem no copo, além de guarnições para finalizar - geralmente frutas desidratadas e pós de vegetais. 

Cada drinque engarrafado vem com 240ml. Um dos destaques é o Mate Punch (R$ 38): cachaça branca, mate, maracujá, limão e açúcar, clarificado com leite - a centenária técnica inglesa, usada para conservação de bebidas, faz dele um clarified milk punch

O gim serve como base em duas combinações: Tropical Sour (conserva de abacaxi, xarope de especiarias, solução cítrica e bitter aromático/R$ 42) e Guapuru (gim macerado com jabuticaba, cordial da fruta, xarope de gengibre e solução cítrica/R$ 42). Os pedidos podem ser feitos todos os dias pelo Instagram @victor.treze.

FRUTAS CÍTRICAS E GIM

Na pizzaria Jussaras (@jussaraspizza), em Vila Velha, uma novidade com pegada tropical tem conquistado a clientela e deve entrar no cardápio em breve: Don Dill, criação do bartender Adilson Fonseca que combina abacaxi macerado, polpa de maracujá, suco de limão, licor 43 e gim london dry. Atualmente servido como sugestão, o drinque custa R$ 30.  

Drinque
Abacaxi e maracujá são a base do Don Dill, novidade na carta de drinques da Jussaras. Crédito: Carlos Alberto Silva

INGREDIENTES DE QUINTAL

Os drinques autorais d'O Quintal Parrilla Bar (@oquintalparrillabar), em Vitória, priorizam ingredientes que antigamente eram muito cultivados nos quintais das casas. Sucesso de vendas desde a abertura, em março deste ano, o Vergonha na Cara leva rum, limão siciliano, frutas vermelhas, pimenta rosa, maracujá, manjericão e açúcar (R$ 28). 

Novos drinques criativos em restaurantes do ES
Vergonha na Cara: um dos mais pedidos desde a inauguração da casa . Crédito: Fernando Madeira

Já o Juízo (R$ 32) segue a linha de clássicos como o Negroni, com um toque de amargor: combina uísque, vermute, abacaxi grelhado, açúcar mascavo e páprica picante. Feito com abóbora, pisco, licor 43, açúcar e cravo (incinerado para liberar mais sabor e aroma), o Smashing Pumpkins (R$ 32) é uma pedida fora da curva que vale a pena provar.

Novos drinques criativos em restaurantes do ES
Juízo: drinque da família do Negroni, com um toque de amargor . Crédito: Fernando Madeira
Novos drinques criativos em restaurantes do ES
No bar Quintal, o drinque Smashing Pumpkins é finalizado com cravo incinerado. Crédito: Fernando Madeira

DE GELEIA DE PITAYA A PERFUME DE LAVANDA

A coquetelaria é um dos pilares do gastrobar Dona Raposa (@donaraposa.bar), aberto há poucos meses em Jardim da Penha, Vitória. Assinada pelo bartender Jonny Piccolo, a carta acaba de ganhar um novo item na seção de drinques autorais, o Pink Dubai: geleia artesanal de pitaya, água tônica, suco de limão siciliano, gim e rum branco (R$ 30) .

Drinque Pink Dubai do restaurante Dona Raposa, em Jardim da Penha, Vitória
Recém-chegado à carta do Dona Raposa, o Pink Dubai tem como base geleia de pitaya. Crédito: Amanda Guimarães

O rum, que está em alta na coquetelaria, foi o destilado escolhido para compor o Peke Tiki, que também leva vinho branco. O drinque é uma combinação de rum ouro e rum prata + suco de maracujá com coco ralado, redução de chardonnay e perfume de lavanda (R$ 25).   

Drinque Peke Tiki do restaurante Dona Raposa, em Jardim da Penha, Vitória
Peke Tiki: rum e redução de vinho chardonnay formam a base do drinque. Crédito: Amanda Guimarães

Correção

20 de Novembro de 2020 às 10:05

O nome do bartender que criou o delivery de drinques engarrafados Victor Treze é Victor Yuri, e não Yuri Victor, como informado originalmente pela reportagem. O texto foi alterado.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.