ASSINE

Coronavírus: funeral de príncipe Charles é revisado após doença

Todo membro sênior da coroa britânica possui plano funerário, mas o de príncipe Charles, de 71 anos, está sendo revisado após o filho mais velho da rainha Elizabeth II contrair Covid-19

Publicado em 26/03/2020 às 11h13
O príncipe Charles, filho mais velho da rainha Elizabeth II
O príncipe Charles, filho mais velho da rainha Elizabeth II. Crédito: Reprodução/Instagram @a.politica.brasil

Por enquanto, o herdeiro do trono britânico só tem sintomas leves da Covid-19, mas seu plano funerário já é revisado, segundo informações da Glamurama. 

O "Operation Menai Bridge" (Operação Ponte de Menai) foi o nome dado ao plano funerário de Charles. No entanto, de acordo com a publicação, tudo foi pensado para um mundo livre de pandemia do novo coronavírus. Por isso, além de ser retirado da gaveta após anos, ele precisou ser revisado pelas autoridades. 

Um dos itens que deve ser retirado do documento é o cortejo fúnebre, por exemplo. 

Mas você, caro leitor, não precisa ficar assustado. Todos os membros da realeza britânica ganham planos de funeral assim que completam em torno de 60 anos. O da rainha Elizabeth II, por exemplo, é chamado de "Operation London Bridge" (Operação Ponte de Londres), e o de seu marido, príncipe Philip, foi batizado de "Operation Forth Bridge" (Operação Ponte Forth). 

Em todos os casos, chefes de estados do mundo todo receberiam convites para dar o último adeus, mas esse é outro item que está passível de ser cortado em tempos da Covid-19. 

Coronavírus doenca

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.