ASSINE

Marília Mendonça fala sobre maternidade, emagrecimento e polêmica de show no ES

Em 2019, cantora cancelou show que seria de graça na Praça do Papa e semanas depois filmou o primeiro clipe da carreira no Espírito Santo. Bombando no streaming, Marília também falou dos panos profissionais para 2021

Publicado em 15/01/2021 às 09h14
Atualizado em 15/01/2021 às 09h14
A cantora Marília Mendonça
A cantora Marília Mendonça. Crédito: Globo/Fábio Rocha

Em outubro de 2019 o Espírito Santo ficou devastado com a notícia de que Marília Mendonça teve que cancelar um show na Praça do Papa, em Vitória. Na ocasião, os boatos da apresentação, que seria de graça, começaram a correr soltos pela internet e a própria sertaneja foi à web acalmar os fãs capixabas. “Mesmo tendo o alvará para o evento, achamos por bem cancelar e logo depois fiz uma homenagem aos fãs do Estado”, lembra ela, agora.

“Sempre fui muito bem recebida nos shows quando passei pelo Espírito Santo. Aliás, quando falo de show já me vem uma saudade enorme! Não vejo a hora de voltar a rodar o Brasil todo e reencontrar a galera. Receber esse carinho é bom demais”, continua.

E o sucesso que a loira faz no Espírito Santo é só uma parcela dos frutos que a artista anda colhendo pelo Brasil afora. Só no Spotify são quase 8,5 milhões de ouvintes mensais. As músicas mais bombadas chegam a ultrapassar a marca de 150 milhões de plays na mesma plataforma.

Marília Mendonça

Cantora

"Todos os números são a prova de que as pessoas curtem e valorizam muito a nossa música sertaneja"
A cantora Marília Mendonça
A cantora Marília Mendonça. Crédito: Reprodução/Instagram @mariliamendoncacantora

Ela atribui o sucesso na web aos fãs. E agradece: “Eu amo fazer música, me dedico a isso e coloco toda a minha paixão, mas se do outro lado não tiver quem receba isso de coração aberto, não existe sucesso”.

Em entrevista exclusiva ao Divirta-se, de A Gazeta, a mãe do Léo, que acabou de completar um ano de idade, também fala de carreira pós-maternidade, planos para os próximos meses e retomada do setor de shows e eventos, ainda, em meio à pandemia da Covid-19.

Marília Mendonça no primeiro show depois do nascimento do filho, em São Paulo
Marília Mendonça no primeiro show depois do nascimento do filho, em São Paulo. Crédito: Randes Filho

A sua gravidez foi algo que os fãs acompanharam ativamente. Aliás, sua vida pessoal é algo que tem gerado cada vez mais curiosidade. Mas como tem sido manter a rotina de trabalho e de produção depois da maternidade?

Na verdade, assim que eu voltei da licença maternidade, em março de 2020, logo depois já tivemos que parar novamente por conta da pandemia. Então esse período de produção durante o isolamento foi obviamente todo em casa. Eu digo que essa foi uma das experiências novas que toda essa situação causou. Enquanto eu estava fazendo as lives, gravando músicas e clipes, eu também estava 24 horas com o meu filho.

Li esse dia que também não descarta outro filho. Então está tirando de letra a adaptação (risos)? E como a maternidade te realizou ou completou profissionalmente?

A maternidade é algo mágico. A gente sempre ouve aquela frase de “quando você for mãe, você vai entender”, e isso faz muito sentido. Com a chegada do Leo, eu redescobri o amor e todo esse sentimento é algo que influencia em todas as áreas da minha vida.

Falando nessa questão de fama, como acha que vai ser criar uma criança que vai crescer dentro desse seu mundo, do sertanejo, da música, da fama...?

Eu sou muito família e jamais abrirei mão disso, de estar com a minha família e sempre valorizar isso. Para mim, apesar de ser também a minha grande paixão, a música é o meu trabalho e misturar a minha vida pessoal com o meu trabalho não é algo que eu queira fazer.

E como é a presença do pai, Murilo, nessa criação e no dia a dia?

O Murilo é um pai maravilhoso, eu também me sinto abençoada por ter uma pessoa como ele no dia a dia e tenho certeza que juntos vamos educar o nosso filho da melhor maneira possível.

Recentemente, seu antes e depois do processo de emagrecimento também chocou. Foi algo gradativo, o que torna o processo menos dolorido, eu imagino. Mas quais são ou quais foram os maiores perrengues que passou nesse período?

Todo esse processo começou antes da minha gestação. Naquele momento eu senti que em nome da minha saúde e disposição, teria que entrar em um processo de reeducação alimentar buscando qualidade de vida. Aquela fase inicial foi bem complicada porque você tem que abrir mão de algumas coisas, por exemplo, eu fiquei um bom tempo sem tomar cerveja, vinho... Agora, depois desse tempo eu já entendi o que me faz bem e o processo é mais natural, sem muito sofrimento.

E qual é o segredo para o seu sucesso no propósito da dieta?

Cara, eu acho que não existe segredo. Eu penso que estou cuidando de mim, da minha saúde, da minha autoestima. Isso me incentiva a buscar sempre o melhor por mim mesma.

Não é novidade para ninguém sobre os milhões de plays que você tem em todas as plataformas digitais. Mas a que atribui esse sucesso?

Aos meus fãs. Eu amo fazer música, me dedico a isso e coloco toda a minha paixão, mas se do outro lado não tiver quem receba isso de coração aberto, não existe sucesso. Todos os números são a prova de que as pessoas curtem e valoriza muito a nossa música sertaneja.

Falando em sucesso... Existe um artigo falando de você que dizia, em suma, que apesar de a vida pessoal dos artistas gerar curiosidade, os seus fãs tinham mais "sede" por notícias ligadas à sua carreira do que à sua intimidade. Por que o seu público tem essa diferença?

É como eu sempre disso, apesar de ser uma pessoa pública, as pessoas entendem que o meu trabalho é a música e é isso que deve ser consumido e divulgado.

Falando em público, como é a relação com eles nesse tempo de quarentena?

Eu sou muito ativa nas redes sociais, durante a quarentena mais ainda. Por lá eu falo muito com a galera, conversamos sobre tudo e recebo muitas mensagens, sim.

Uma vez você estava com um show marcado para acontecer na Praça do Papa, aqui em Vitória. No Twitter, você respondeu um capixaba falando que o show não aconteceu por uma não autorização da Prefeitura de Vitória. Consegue lembrar do caso para explicá-lo melhor?

O que aconteceu em Vitória foi que no mesmo dia que a gente faria a gravação do Todos os Cantos, teria outro evento de grande porte na cidade. Então, mesmo tendo o alvará da polícia militar, achamos por bem cancelar e logo depois, eu gravei o primeiro clipe da minha carreira na cidade com a música “Tentativas”, como uma homenagem aos meus fãs capixabas.

Aliás, os capixabas têm um grande apreço ao seu trabalho. Já teve alguma história específica com algum fã daqui? E como é a recepção e carinho quando está no Espírito Santo?

Eu sempre fui muito bem recebida nos shows quando passei pelo Espírito Santo. Aliás, quando falo de show, já me vem uma saudade enorme. Não vejo a hora de voltar a rodar o Brasil e reencontrar com a galera. Receber esse carinho é bom demais.

No geral, o que pode adiantar dos próximos trabalhos e lançamentos da carreira?

Esse ano a gente tem vários projetos massa para lançar. Começando com uma música inédita que sai no dia 15 de janeiro, “Foi Por Conveniência”, que gravei durante uma live. E tem também o projeto Patroas, com Maiara e Maraisa, que volta com tudo esse ano.

Para finalizar, sobre o mercado do entretenimento e eventos... Vocês, que estão ativos no meio, esperam recuperação do setor ainda para 2021? Já têm alguma perspectiva de retomada, alguma novidade ou solução nesse sentido? Por que as lives acabaram perdendo força, não?

As lives foram as ferramentas que a gente tinha para ajudar pessoas e levar entretenimento em um momento em que todos estavam paralisados. Acho que cumpriu muito bem esse papel e veio para ficar. Claro que a emoção de estar em um show é incomparável e por isso estamos ansiosos para voltar para a estrada. Agora, tudo deve ser feito com muita responsabilidade, então vamos aguardar o melhor momento.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Cultura Espírito Santo Música Marília Mendonça celebridades espírito santo Famosos Arte Sertanejo Praça do Papa

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.