ASSINE

Após ação de hackers, Globoplay diz que nenhum sistema foi invadido

Usuários do aplicativo receberam mensagens que direcionavam para um site externo na noite deste sábado (16)

Publicado em 17/05/2020 às 12h44
Televisão - controle remoto
Plataforma de streaming. Crédito: Pixabay

Os assinantes do Globoplay receberam, no início da madrugada deste domingo (17), mensagens inusitadas no aplicativo da plataforma de streaming do Grupo Globo. A tag #GloboHack, que ficou entre os assuntos mais comentados no Twitter brasileiro, e a mensagem "HACKED BY OURMINE" davam a impressão de que o sistema havia sido invadido por hackers.

O OurMine, que reivindicou a ação, se apresenta como "um grupo de hackers famoso por invadir redes sociais de grandes nomes da tecnologia, famosos e empresas". Entre as vítimas, estão o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, a plataforma Netflix e o clube de futebol Barcelona. No Brasil, eles já hackearam o perfil do Esporte Interativo, canal da Turner.

"CIBERVANDALISMO"

O Globoplay, em seu perfil oficial no Twitter, se pronunciou horas depois informando que o sistema de envio de notificações da plataforma, gerenciado por uma empresa parceira, "foi alvo de uma ação de cibervandalismo". De acordo com a empresa, os invasores enviaram duas mensagens que direcionavam o usuário para um site externo.

A empresa frisou, no entanto, que nenhum sistema da Globo ou do Globoplay foi invadido. A falha de segurança se limitou ao sistema da empresa parceira responsável pelo envio de notificações e nenhuma informação dos usuários, assinantes ou não, foi comprometida, uma vez que este sistema não se conecta com os bancos de dados e nem a qualquer outro sistema.

"Não existe qualquer risco em usar o Globoplay, em qualquer plataforma. Não é necessário desinstalar o aplicativo nem trocar senha. Os usuários devem deletar as notificações cujo texto começa com 'Hacked by...'. Essas notificações direcionam o usuário para o site do grupo invasor", informou a empresa.

O Globoplay lamentou o ocorrido e pediu desculpas a todos os usuários, garantindo que vão "trabalhar internamente e junto aos parceiros para reforçar medidas de segurança que minimizem os riscos de novos incidentes".

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
cultura televisão

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.