ASSINE
Oferecimento:
Modo de Visualização:

Hackers atacam sistemas de mais duas prefeituras no ES

Sistemas das prefeituras de Vargem Alta, Jerônimo Monteiro, Venda Nova do Imigrante e Afonso Cláudio foram invadidos

Publicado em 15/05/2020 às 19h06
Atualizado em 15/05/2020 às 19h06
Ao acessar o site de Afonso Claudio,  o internauta era direcionado para uma tela branca que informa a invasão
Ao acessar o site de Afonso Claudio, o internauta era direcionado para uma tela branca que informa a invasão. Crédito: Divulgação/PMAC

Depois da invasão aos sistemas de informática das prefeituras de Venda Nova do Imigrante Jerônimo MonteiroVargem Alta e Afonso Cláudio também confirmaram problemas após invasões de hackers (termo em inglês utilizado para denominar pessoas que usam a informática com fins maliciosos).

Nesta sexta-feira (15), Afonso de Cláudio informou, por meio das redes sociais oficiais, que o site da prefeitura foi hackeado na noite desta quinta-feira (14). De acordo com a administração, ao acessar o portal o internauta é direcionado para uma tela branca que informa a invasão.

“A plataforma tem sido a principal ferramenta da prefeitura para a informação de casos oficiais de coronavírus no município. A Administração já está tomando as devidas providências com a equipe de Tecnologia da Informação para solucionar o problema e restabelecer o acesso ao site”.

VARGEM ALTA

Outro município que também investiga um crime virtual contra sistema é Vargem Alta. De acordo com a assessoria de comunicação, o sistema utilizado para procedimentos administrativos da prefeitura foi infectado por vírus causando a perda dos dados. A Secretaria de Administração disse que a rede começou a apresentar problemas no dia 22 de março.

A gestão aguarda laudos técnicos  para tomar as devidas providências. Serviços dos setores de recursos humanos, contabilidade, tesouraria e tributação foram os mais prejudicados. Uma empresa especializada foi contratada para recuperação dos dados do sistema e não há previsão quanto à normalização da situação, afirma a prefeitura.

OUTRAS VÍTIMAS

Há uma semana, no último dia 8, um ataque cibernético ao servidor de informática da Prefeitura de Venda Nova do Imigrante, deixou serviços ao público indisponíveis. O ataque foi realizado por hackers e afetou serviços que dependem do sistema, como emissão de alvará e pagamentos a fornecedores. Segundo a prefeitura nesta sexta-feira (15), quase todos os problemas foram solucionados.

prefeitura de Jerônimo Monteiro teve problemas no dia 1º de maio. O ataque criptografou dados, bloqueou e impossibilitou o acesso aos sistemas administrativo, contábil e financeiro, mas nenhum valor foi retirado das contas da prefeitura. A previsão é de normalização na próxima semana.

A Polícia Civil foi procurada pela reportagem para saber se os casos estão em investigação, mas não houve retorno até a publicação desta reportagem.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.