ASSINE

Cinemas sem previsão de retorno em Cachoeiro de Itapemirim

Em Piúma, o cinema deve voltar ainda este mês. Já em Marataízes, o planejamento é reabrir em novembro

Publicado em 23/10/2020 às 10h38
Atualizado em 23/10/2020 às 14h11
Sala de cinema vazia
Sala de cinema vazia. Crédito: Cinemark/Divulgação

Apesar do Governo do Estado ter autorizado a reabertura das salas de cinemas, alguns locais ainda não têm a previsão de retornar com as atividades, como é o caso de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo. Os dois cinemas da cidade permanecem fechados sem data para reabertura.

De acordo com o proprietário das salas de cinema em Cachoeiro, Sérgio Liberatti, a instabilidade da pandemia é o motivo para esta decisão. “No momento, Cachoeiro está em risco baixo e tudo está permitido, mas de uma semana para outra, tudo pode mudar e ter que fechar novamente.”

No total, são dois cinemas em Cachoeiro, com o total de sete salas e capacidade para atender 1500 pessoas, mas como não tem previsão para reabrir, nenhuma adequação foi feita até o momento.

Já no litoral, onde funcionam os outros dois cinemas da região Sul capixaba, a previsão é que voltem a funcionar em breve. Em Piúma, a previsão é que a sala, com 140 cadeiras seja reaberta no próximo dia 29, com a ocupação de apenas 40% dos lugares, reduzindo a capacidade para 60 pessoas.

Segundo a administração, as cadeiras foram marcadas com adesivos informando os assentos que podem ser usados, além de álcool para higienização, limpeza da sala, limpeza de ar-condicionado com regularidade, exaustor no teto para saída de ar e medição da temperatura das pessoas, informou Aristóteles Vianna.

Em Marataízes, o responsável, Joacyr Gomes, disse que pretende retomar com as atividades dia 12 de novembro, alegando que não compensa reabrir agora, porque muitas capitais ainda não reabriram e por isso, as distribuidoras estão segurando os filmes de grande sucesso. O cinema da cidade tem capacidade para 180 pessoas.

Se o município for reclassificado para nível moderado, as atividades do cinema deverão ser suspensas novamente.

O QUE DIZ AS DETERMINAÇÕES PARA REABERTURA

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, entre as recomendações para abertura dos cinemas está a de que os ingressos sejam vendidos preferencialmente pela internet e que seja ocupada apenas 40% da sala de projeção. Não é recomendada a presença de idosos, acima de 60 anos e de crianças até cinco anos, além de portadores de comorbidades.

A pipoca e outros alimentos permitidos, podem ser consumidos apenas quando a pessoa estiver na poltrona da sala de exibição e óculos 3D somente podem ser usados se estiver garantida a higienização. Pessoas com sintomas de síndrome gripal ou febre não devem ir ao cinema. O uso de máscara é obrigatório.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.